COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 09.10.2019

    CAMINHOS DA ZONA SUL

    www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

    Incrível – O Porto de Rio Grande nunca havia participado da Mercopar, uma das principais feiras do país, nos seus 28 anos de realizações, em Caxias do Sul. Neste ano, sub a direção de Fernando Estima, a Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul participa da feira, que é uma das maiores feiras de inovação e negócios da América Latina. Os Portos RS em parceria com a Cootracam e Orion apresentou todas as potencialidades do setor hidroportuário gaúcho. O público expositor da Mercopar é formado por empresas de diversos segmentos como Metalmecânico, Tecnologia da Informação, Energia e Meio Ambiente, Startups, Borracha, Automação Industrial, Plástico, Eletroeletrônico, Serviços Industriais e Movimentação e Armazenagem. Com a participação, os Portos RS pretendem ampliar a divulgação das oportunidades logísticas do Estado, principalmente, aquelas multimodalidades que permitem a diminuição do custo de frete.

    ***

    Agro – Já estamos vivendo a 93ª edição da Expofeira Pelotas. O tradicional evento do agronegócio gaúcho se estende desde ontem até o próximo dia 13 de outubro. Entre as atrações, as tradicionais exposições de animais de alto valor genético, leilões, mostras de gastronomia, produtos da agricultura familiar, máquinas e implementos agrícolas, além de shows e atividades culturais.

    ***

    Avança – Uma audiência pública, na semana passada, debateu a instalação da Mina Guaíba, empreendimento da Copelmi que pretende instalar uma mina de carvão em Eldorado do Sul, foi realizada na Assembleia Legislativa e contou com a presença de representantes de dirigentes da empresa, políticos da região carbonífera e interessados no projeto. O Mina Guaíba é um grande projeto de mineração de carvão mineral, areia e cascalho, que está em processo de licenciamento junto a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (FEPAM). O empreendimento vai gerar emprego e renda ao RS e diretamente beneficia a economia gaúcha, visto que hoje o nosso estado tem forte dependência da importação de energia gerada em outras regiões do país, fato que interfere diretamente no desenvolvimento econômico, social e tecnológico do estado. A previsão é que sejam extraídas 8,1 milhões e toneladas de carvão mineral por ano. A empresa projeta que isso resulte em R$ 218 milhões em impostos por mês e garante que, apenas na fase de instalação, sejam criados 5,6 mil empregos.

    ***

    Carne todos os dias – Encomendar carne para o churrasco ou para a culinária do dia a dia por meio das redes sociais e receber o pedido em casa é a novidade oferecida pela Nossa Carne, uma empresa de Pelotas que apostou em cortes de raças britânicas e na procedência dos animais para manter a qualidade do produto ao consumidor final. O lançamento oficial do serviço proposto pela empresa aconteceu no último sábado no Restaurante Piratas Deck, com degustação dos produtos. Atento às mudanças de comportamento do mercado, o empreendedor Edson Foster destaca que o consumidor vem buscando resolver tudo o que pode pelo celular. Edson, no entanto, destaca que apesar da praticidade, o consumidor está cada vez mais preocupado com a procedência dos alimentos e com as questões ligadas à sustentabilidade, bem-estar animal e respeito às normas de proteção ao meio ambiente e aos trabalhadores. Em função destas tendências, o novo negócio buscou parcerias estratégicas para o fornecimento da matéria prima: a Granja Quatro Irmãos e a propriedade do médico Veterinário Paulo Real, ambas em Santa Vitória do Palmar, as quais são apresentadas através de um selo de procedência e rastreabilidade, anexado em cada um dos cortes.

    ***

    Até a próxima!




    Comentários