PELOTAS PARQUE TECNOLÓGICO CELEBROU TRÊS ANOS

    Relembrando os desafios de um sonho de 14 anos, a noite da última segunda-feira, 16/09, comemorou o aniversário de três anos do Pelotas Parque Tecnológico e reuniu autoridades e nomes que fizeram e fazem parte desta história. Além de uma mensagem do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, através de um vídeo, a noite contou com um coquetel, lançamento da linha do tempo do Parque, homenagens, entre outros momentos que agora fazem parte do empreendimento.

    O coquetel foi organizado pelos alunos do curso de Gastronomia do Senac Pelotas, que optaram por um menu com sequência de sanduíches, remetendo à criatividade e mobilidade. Já o lançamento da linha do tempo foi uma forma de contar a história do Parque e homenagear as empresas e pessoas que colaboraram para a sua criação e desenvolvimento.

    Em sua fala, a Prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, destacou que a história iniciou muito antes. “São 14 anos de sonho que teve muitos desafios. O poder público foi, sim, o primeiro a acreditar, depois buscou a parceria das instituições de ensino e, finalmente, a iniciativa privada se uniu para fazer tudo isso acontecer”, disse ela, relembrando ainda nomes de outros ex-prefeitos e secretários municipais que participaram do projeto.

    Fabrício Tavares, Presidente da Câmara de Vereadores de Pelotas, também recordou as dificuldades que foram vencidas por diversos governos para a criação do Pelotas Parque, mas, sobretudo, a vocação do projeto para gerar emprego e renda através da inovação. “Era a oportunidade de entrar em um nicho que não existia na cidade. Hoje temos aqui uma referência que une o poder público, iniciativa privada e universidades criando tudo isso”, salientou. O Reitor da Universidade Federal de Pelotas, Pedro Hallal, reforçou a importância das instituições de ensino. “Isso mostra que enquanto muitos tentam construir muros, é necessário construir pontes que permitam a aproximação entre empresas e universidades”, defendeu.

    Gilmar Bazanella, Secretário Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Pelotas, foi mais um nome a parabenizar o Parque. “A partir desta estrutura e pessoas que aqui trabalham, ajuda-se a mudar a vida daqueles que precisam de novos postos de trabalho e inovação”, afirmou. Além do governador Eduardo Leite, o senador Lasier Martins e o Deputado Federal Daniel Trzeciak também enviaram vídeos que foram transmitidos ao público.

    Inovação e criatividade foram destaques

    Como o Pelotas Parque Tecnológico nasceu voltado à inovação, empreendedorismo e criatividade, tudo isso também esteve presente durante o coquetel. Um dos momentos foi o lançamento do Quadro Problemas Reais e Soluções Inovadoras, criado pela aluna do curso de Design Digital da UFPel, Daniela Alves. O quadro proporciona que se escreva algum problema nele para que os residentes do Parque respondam com soluções. A noite ainda marcou o lançamento do Projeto Arquitetônico do Escritório da Rede de Incubadoras do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSUL), que deverá estar funcionando no segundo semestre de 2020 e terá capacidade de atender até quatro empresas incubadas.
    Completando a o momento, a diretoria e conselheiros do Pelotas Parque Tecnológico entregaram uma placa em homenagem e agradecimento à 1º Gestão da TECNOSUL – 2016/2019, representado pelo ex-presidente do Conselho do Parque, Fernando Estima.  “Ver o Pelotas Parque funcionado, com 100% de ocupação, empresas graduadas e tudo que vem acontecendo aqui é a prova de que a união de esforços vale a pena. Poder público e privado juntos potencializam o desenvolvimento, e é uma grande alegria fazer parte desse momento de celebração”, falou emocionado, ao ver a trajetória do parque retratada no evento.

    O aniversário do Parque segue sendo celebrado ao longo da semana.  Em breve será divulgado o vencedor do projeto “Mascote Candy Valley”, que vai personalizar a formiga mascote da Fenadoce, que já está no parque, e dia 18/09, haverá o lançamento do Programa JOVEM RS, programa do Governo do Estado do RS.

    Sobre o Pelotas Parque Tecnológico

    O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural.  O parque possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa.

    Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multisetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.




    Comentários