ESPECIAL DE DOMINGO: MINISTRA DA AGRICULTURA PEDE UNIÃO DO SETOR DO AGRO BRASILEIRO EM EVENTO FINAL DA EXPOINTER 2019

    Ministra participou da abertura oficial da Expointer nesta sexta-feira

    Tereza Cristina chegou ontem ao Rio Grande do Sul e manteve agenda de dois dias na Expointer | Foto: Guilherme Almeida

    A ministra da Agricultura Tereza Cristina representou o governo federal na cerimônia de abertura da 42ª Expointer na manhã desta sexta-feira. A Feira se encerra neste domingo. Após um dia de agenda no parque, sem apresentar soluções efetivas para a crise dos arrozeiros, no discurso de hoje a ministra garantiu que os problemas setoriais serão resolvidos, mas fez um pedido de unidade entre os produtores.

    “Por favor, não desistam. Até para me darem força, porque vou até às últimas consequências em defesa do agronegócio brasileiro”, pediu, sob aplausos. E completou: “Tenho o respaldo do presidente Jair Bolsonaro para atender a nossa classe”.

    Tereza Cristina lembrou da época em que participava da Expointer como produtora rural e agora, como ministra, reiterou a importância da união no agronegócio. “Não esmoreçam. Ataques vamos sofrer, pelo gigantismo do nosso negócio, pelo patamar que alcançamos. A crise para nós é passageira. Vamos chegar onde queremos”, projetou.

    Faltando dois dias para a Semana da Pátria, a ministra aproveitou para fazer um pedido especial. “Eu convoco todos os produtores rurais do país que hasteiem uma bandeira do Brasil na porta da sua fazenda. Vamos mostrar para o mundo que o agronegócio brasileiro é unido. A nossa agricultura é pujante e sustentável.”

    Já o governador Eduardo Leite defendeu a redução da máquina pública como forma de dar espaço para os empreendedores gerarem riqueza ao Estado. “Estamos fortemente comprometidos com a pauta da redução de burocracia e a simplificação e a redução da carga tributária”, garantiu. “Vamos colocar a máquina pública no seu devido tamanho, em benefício inclusive dos servidores públicos.”

    Animais premiados desfilaram durante cerimônia de abertura | Foto: Guilherme Almeida

    Ao contrário da edição anterior, a cerimônia de abertura oficial e desfile dos grandes campeões da Expointer ocorreu sob forte calor no Parque de Exposições Assis Brasil. Cerca de 130 vencedores dos julgamentos ocorrido ao longo da semana, entre ovinos, bovinos, caprinos, equinos e aves, foram apresentados na pista central em frente à tribuna de honra.

    A solenidade começou pontualmente às 10h. O 3º Regimento de Cavalaria de Guarda do Regimento Osório realizou uma apresentação, seguida de shows musicais. Após, foi a vez das autoridades se revezarem ao microfone.

    O secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Estado, Covatti Filho, saudou a estimativa da Emater, divulgada na terça-feira, de safra recorde de soja no próximo verão e apresentou números do balanço parcial da 42ª edição da feira. De acordo com ele, até o momento foram comercializados R$ 2,3 bilhões em negócios, R$ 2,9 milhões apenas no Pavilhão da Agricultura Familiar. “A expectativa é superar o número de visitantes do ano passado também”, projetou.




    Comentários