DNIT MONITORA EMISSÃO DE RUÍDOS NA DUPLICAÇÃO DO CONTORNO DE PELOTAS

As atividades de construção de empreendimentos rodoviários podem gerar impactos como a poluição sonora. Na duplicação do Contorno de Pelotas/RS, a unidade local do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) realiza periodicamente campanhas de monitoramento para analisar os níveis de emissão de ruídos, priorizando o bem-estar das comunidades lindeiras, usuários da rodovia, colaboradores da obra e animais da região. As atividades são executadas pela Gestão Ambiental da BR-116/392, que na quarta-feira (27/03) coletou novos dados em campo.

Os níveis de pressão sonora são medidos com o auxílio de um equipamento chamado decibelímetro e devem seguir os parâmetros da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). No momento da aferição, o técnico também leva em conta dados complementares como temperatura, umidade relativa do ar e velocidade do vento. O resultado dos dados são comparados com os de campanhas anteriores para assim verificar a necessidade de ações de controle ou mitigação.

Além das campanhas pontuais, executadas a cada seis meses, esta equipe acompanha diretamente o avanço do empreendimento e implementação de novas frentes de obra no intuito de verificar atividades que possam ter potencial para emissão de ruídos, como o transporte de material por veículos automotores, execução de terraplanagem e exploração de jazidas




Comentários