COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 09.04.2019

    CAMINHOS DA ZONA SUL

    www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

    Saúde – Uma grande notícia. A Lifemed anunciou uma parceria com a BD, uma das maiores empresas de tecnologia médica do mundo, que vem promovendo significativos avanços na área da saúde ao investir na descoberta médica, no diagnóstico e na prestação de cuidados. A empresa apoia os profissionais que estão na linha de frente dos cuidados da saúde por meio do desenvolvimento de tecnologia, serviços e soluções inovadoras que ajudam a avançar na terapia clínica para pacientes e no processo clínico para os prestadores de cuidados de saúde. A BD possui 65 mil funcionários é líder global em tecnologia médica e irá distribuir bombas de infusão de medicamentos da Lifemed no Brasil. Com o acordo, a multinacional passa a oferecer ao mercado de saúde do país um portfólio ainda mais completo e integrado. Os produtos para infusão que serão distribuídos pela BD são os mais modernos do mercado e integrarão a divisão de terapia infusional da companhia. Os dispositivos serão destinados ao mercado hospitalar para o acompanhamento do paciente na UTI.

    ***

    Bife – O três dos principais mercados internacionais da pecuária brasileira (China, Egito e Irã) e um desejado comprador (o Japão) estiveram reunidos na Estância Santa Maria, em Bagé. Incluída no roteiro do projeto AgroBrazil, da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), a fazenda do presidente da Federação da Agricultura do Estado (Farsul), Gedeão Pereira, é um dos grandes exemplos de produção voltada tanto ao mercado interno como externo. Os importadores se mostraram surpresos positivamente em relação a carne gaúcha apresentada e comentaram que a semelhança com a carne uruguaia e argentina já é evidente.

    ***

    APL – Seguindo a mesma vertente da carne, o diretor-presidente do APL Marítimo RS, Arthur Rocha Baptista, participou de um encontro com adidos comerciais de nove países que estiveram em Rio Grande. Os adidos que participaram também da missão “AgroBrazil” promovida pela Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) e Farsul. Os adidos comerciais revelaram apoio a autoridade portuária na apresentação do principal porto gaúcho aos convidados estrangeiros e destacaram as oportunidades de investimento em Rio Grande, São José do Norte e na hidrovia gaúcha. Houve a demonstração de interesse, sobretudo dos países asiáticos, na estrutura logística para a exportação de grãos e madeira. Além do roteiro marítimo os adidos também participaram de um encontro promovido pela Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul no Tecon Rio Grande e puderam conversar com lideranças dos terminais e operadores portuários.

    ***

    SocialA CDL Pelotas está distribuiu aos lojistas associados adesivos para a área de caixas do comércio com a informação de que portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus acompanhantes devem ter atendimento preferencial, assim como com idosos, gestantes e PCD’s. A ação atende ao decreto 6.156, que regulamentou a lei municipal assinada pela Prefeitura de Pelotas, em 1ᵒ de março deste ano.

    ***

    Travessia A nova Ponte do Guaíba está com 83,52% das obras concluídas, segundo informou a Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que trabalha com o prazo de conclusão da estrutura para o primeiro semestre de 2020. Iniciada em 2014, a construção já recebeu investimentos no valor de R$ 668 milhões – de um total de R$ 757 milhões. A obra é realizada pela construtora Queiroz Galvão que atua com cerca 1,2 mil trabalhadores no local. A nova Ponte do Guaíba terá uma extensão de 12,3 km com um total de 5 km em acessos e 7,3 km em obras de arte especiais (ponte sobre os canais navegáveis, elevadas e viadutos). A construção terá cerca de 28 metros de largura, em pista dupla com duas faixas de tráfego de veículos em cada sentido. O Dnit prevê que 50 mil veículos utilizem a nova ponte diariamente. O desafio da construção, segundo o Departamento de Infraestrutura, é o fato de a obra atravessar uma unidade de conservação ambiental, o Parque Estadual Delta do Jacuí. Os programas ambientais previstos no processo de licenciamento ambiental nortearão as ações de mitigação, controle e monitoramento para que seja possível assegurar a manutenção da qualidade ambiental das áreas impactadas.

    ***

    Até a próxima!




    Comentários