IDEIA DO ESTADO É CRIAR UM GRUPO PARA SIMPLIFICAR OS IMPOSTO NO RS

Ricardo Neves Pereira, em pronunciamento ao assumir o posto de subsecretário da Receita Estadual.

Ricardo Neves Pereira assumiu posto de subsecretário da Receita Estadual

O auditor fiscal Ricardo Neves Pereira, que assumiu na última quinta-feira, 03, o posto de subsecretário da Receita Estadual, anunciou que a Secretaria da Fazenda irá procurar setores econômicos e entidades representativas como a Fiergs, a Fecomércio, entre outras associações empresariais, visando criar grupo de trabalho para encontrar formas de simplificar o pagamento de impostos no RS.

Ricardo Neves, que já ocupou o mesmo cargo de 2011 a 2014, afirma que simplificar a vida do empresário e facilitar o cumprimento das obrigações tributárias é passo necessário para ajudar a economia a crescer. Na sua visão, não adianta querer arrecadar mais se a economia não crescer. E ele usa expressão ousada para dimensionar o tamanho desse desembaraçar de normas tributárias: será uma simplificação radical.

“A ideia é facilitar a vida dos contribuintes. Hoje acabamos tendo uma legislação complexa que dificulta tanto o entendimento do contribuinte quanto a própria aplicação das normas. Queremos dar celeridade, agilidade e identificar junto com os agentes econômicos onde estão os nós deste processo”, diz. Por trás desta aproximação com o empresariado está o objetivo principal do governo Eduardo Leite, que é azeitar a máquina para que o crédito tributário se converta em recurso público o mais rápido possível.

Receita Digital

Outra medida prevista por Ricardo Neves é a ampliação do planejamento das ações fiscais. De acordo com ele, uma das ideias é aumentar a liquidez dos créditos tributários via Internet, elevando as possibilidades do pagamento de impostos pela via digital. A busca de liquidez do crédito, isto é, fazer com que os recursos ingressem diretamente no Caixa do Estado, de forma ágil, a cada mês, ajudará a aumentar a arrecadação.




Comentários