PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DO PORTO DE PELOTAS APRESENTADO EM CONGRESSO INTERNACIONAL

O gerente do Terminal de Toras, Bruno Carvalho, falou sobre os aspectos inovadores desta iniciativa.

O projeto desenvolvido no Terminal de Toras do Porto de Pelotas (TPP) foi apresentando durante o V Congresso Internacional de Desempenho Portuário (CIDESPORT) que reuniu acadêmicos, gestores e dirigentes portuários, de 30 de outubro a 1 de novembro, em Florianópolis. O artigo “Revitalização portuária: fomento à capacidade hidroviária e econômica do Porto de Pelotas” relata o projeto desenvolvido entre CMPC Celulose Riograndense e Sagres no município. A partir do conceito de sustentabilidade, com aspectos econômicos e ambientais, o projeto criou um Terminal de Toras que, aproveitando o frete de retorno de barcaças provenientes do Porto de Rio Grande, otimizou o transporte da madeira do sul do Rio Grande do Sul para a fábrica da CMPC, em Guaíba. O gerente do Terminal de Toras, Bruno Carvalho, falou sobre os aspectos inovadores desta iniciativa. “Temos o investimento no transporte hidroviário como alternativa às estradas de rodagem, promovendo vantagens competitivas como redução do impacto poluidor, do número de acidentes e da manutenção viária”, destacou Bruno.

Segundo ele, os resultados indicam um aumento significativo na movimentação de volume de cargas no Porto de Pelotas – 2,5 vezes maior do que a média histórica antes da implantação do Terminal. As novas operações portuárias foram compatibilizadas com o quotidiano do bairro e hoje a comunidade aprova a iniciativa, participando das ações educativas e culturais promovidas através do projeto OTROPORTO.

Barcaças transportam toras de madeira de Pelotas para Guaíba e a celulose de Guaíba para Rio Grande. A utilização da hidrovia em alta escala desobstrui a BR-116 e promove uma movimentação muito maior para o Porto de Pelotas, além de gerar empregos e dividendos para o município.

CIDESPORT – O congresso possui caráter técnico-científico e tem como principal objetivo estimular a discussão sobre o desempenho do setor portuário, a partir da perspectiva da comunidade científica e dos profissionais que atuam na gestão dos portos. O encontro explora as boas práticas de gestão do setor portuário, que contribuem para a melhoria do desempenho dos portos a partir da realidade de vários países. Entre as apresentações foram selecionados artigos de diversas universidades do país, além do Chile, Portugal, e entidades ligadas ao segmento portuário.




Comentários