COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 16.10.2018

    CAMINHOS DA ZONA SUL

    www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

    Prioridade – Até agora os gaúchos não entenderam a prioridade que o governo federal deu à conclusão a segunda ponte do Guaíba em detrimento da duplicação da BR-116.  Ela deve ficar praticamente pronta até o fim do ano e já poderá ser usada pelos motoristas. A informação foi confirmada por dois ministros que fizeram uma visita técnica na nova ponte do Guaíba no início deste mês. O governador em exercício, José Paulo Cairoli, recebeu e acompanhou o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, e o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro. A comitiva sobrevoou o canteiro de obras e, em seguida, fez uma vistoria de barco.

    ***

    Custo – A expectativa do governo federal, responsável pela obra, é concluir 95% do empreendimento até o fim de dezembro, atingindo o que os técnicos chamam de “funcionalidade”. Na prática, significa que um veículo poderia usar a ponte para atravessar o Guaíba de um lado a outro. Ficariam faltando apenas algumas alças de acesso, que seriam construídas nos meses seguintes. A obra já recebeu cerca de R$ 600 milhões. Segundo o ministro Marun, a estrutura é considerada prioritária e, em razão disso, a meta deve ser cumprida: “O dinheiro está garantido, não vai faltar. Estamos preparados para investir o que for necessário para entregar a ponte à população do Rio Grande do Sul. Temos condições de investir mais R$ 100 milhões aqui e devemos transferir a metade disso já na semana que vem provavelmente”, afirmou. A nova ponte do Guaíba vai ter 12,3 quilômetros de extensão. Até agora, 68% da obra está concluída.

    ***

    Remanejamento – A superintendência do DNIT aqui no estado está solicitando a  bancada gaúcha no Congresso Nacional o remanejamento de aproximadamente R$ 56 milhões do orçamento da União para obras no Rio Grande do Sul.  O valor estava previsto para ser aplicado em uma ponte entre Porto Xavier e a cidade de San Javier, na Argentina, que ainda não teve projeto apresentado. Atualmente, o trajeto entre as duas cidades é feito de balsa, pelo rio Uruguai.  Entre as obras que seriam beneficiadas, estariam as duplicações da BR-116, entre Guaíba e Pelotas, e da BR-290, entre Eldorado do Sul e Pantano Grande, parcialmente paralisadas em função do contingenciamento de recursos do governo federal.  As verbas só podem ser remanejadas pela bancada. Uma reunião da bancada está agendada para a próxima terça-feira (16) para definir o destino dos recursos. Na ocasião, também será discutida a realocação de verbas para a conclusão de trevos de acesso a municípios do Estado.

    ***

    Agro – A Expofeira de Pelotas foi mais uma vez um sucesso. Foi de impressionar, segundo os especialistas, a qualidade dos ‘produtos’ colocados em leilão pelos pecuaristas: touros e novilhas. O aperfeiçoamento genético e a qualidade das raças é um aprimoramento notável a cada edição da feira. A Embrapa Clima Temperado, por sua vez participou com diversas atividades voltadas para a agropecuária, agricultura familiar e o agronegócio. A instituição de pesquisa aproveitou a oportunidade para realizar o pré-lançamento regional da Abertura Oficial da  Colheita do Arroz. A 29ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz será realizada pela primeira vez pela Embrapa aqui em Pelotas e pretende congregar as autoridades no assunto e os produtores de arroz da região, em fevereiro de 2019.

    ***

    Apoio – A Biscoitos Zezé, mais uma vez, anunciou patrocínio ao Pelotas Doce Natal, organizado anualmente pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Pelotas (CDL), com financiamento Pró-Cultura RS LIC – Governo do Estado do Rio Grande do Sul. É o segundo ano consecutivo que a Biscoitos Zezé do evento, que em 2018 estará na sua 6ª edição. A assinatura de contrato entre a indústria e a CDL Pelotas aconteceu na última quinta-feira, 11/10, na sede da Biscoitos Zezé. Participaram do ato o diretor comercial Jader Ruivo e diretor de planejamento Fabio Ruivo. Pela CDL Pelotas esteve o Conselheiro Enio Lopes, o gerente executivo, Adilson Buroxid e a produtora cultural Adriane Silveira. A campanha movimenta o comércio pelotense na época mais importante do ano para a economia e também mobiliza a população a celebrar a data. O Pelotas Doce Natal deste ano será de 6 de dezembro de 2018 a 6 de janeiro de 2019.

    ***

    Até a próxima!




    Comentários