REUNIÕES DO PROGRAMA LÍDER SÃO RETOMADAS NA UCPEL

    O primeiro encontro do Programa Líder em 2018 tratou sobre novas estratégias para o desenvolvimento da cadeia do leite. A Universidade Católica de Pelotas (UCPel), parceira da iniciativa desenvolvida pelo Sebrae, foi o local escolhido para retomar os trabalhos das lideranças das regiões Sul, Campanha e Fronteira Oeste comprometidas em trabalhar em prol do desenvolvimento local.

         No encontro, ocorrido na quinta-feira, dia 18, ficou acordado que o Escritório de Desenvolvimento Regional (EDR) da Católica ficará responsável por apresentar um panorama básico da cadeia do leite, informa o coordenador do EDR, Ezequiel Megiato. “Já temos uma próxima reunião marcada aqui na UCPel com produtores e empresários para discutir outras questões vinculadas a cadeia do leite”, comenta.

         De acordo com Megiato, o estudo estratégico dessa cadeia produtiva mostrará a viabilidade e possíveis caminhos para alavancar o desenvolvimento. Na reunião, que contou com diretores do Sebrae, representantes de diversas entidades e produtores, ficou também acordado o desenvolvimento do Portal da Fronteira Sul, endereço eletrônico que irá congregar o já existente banco de dados da Zona Sul, o da Fronteira Oeste e o da Campanha.

         Ainda durante o encontro, UCPel e Sebrae selaram mais uma parceria para o desenvolvimento de estudos estratégicos dos grupos de vitivinicultura e pecuária. O EDR e o Observatório de Desenvolvimento Regional serão os responsáveis por colher e analisar dados das três regiões.

    Conheça o Líder

    O projeto Líder visa mobilizar lideranças das regiões Sul, Fronteira Oeste e Campanha para a promoção do desenvolvimento regional. No total, 126 líderes de 43 municípios integram a iniciativa. Além do reitor José Carlos Bachettini Júnior, representa a UCPel no programa o coordenador do Escritório de Desenvolvimento Regional (EDR), Ezequiel Megiato.

    Os eixos priorizados em cada região são: Campanha – Agronegócio, Educação, Energia e Turismo; Fronteira-Oeste – Agronegócio, Energia, Indústria e Turismo; Sul – Agronegócio, Educação, Energia e Recursos Hídricos, Tecnologia e Inovação e Turismo.




    Comentários