COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CÂMARA DE PELOTAS DESTACA CHEGADA DO “INTERNET PARA TODOS” AO RS

Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab destaca que com o programa a Internet chegará a várias localidades que ainda não tem acesso.

O vereador Fabrício Tavares-PSD, que preside a Comissão Temática de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento, Indústria e Comércio da Câmara de Vereadores de Pelotas, destaca que na próxima sexta-feira, 19, com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, o Rio Grande do Sul passará a contar com o “Programa Internet Para Todos”. – O ministro Kassab vem ao RS a convite do vice-governador José Paulo Cairoli justamente para implementar este programa que é extremamente inclusivo na área digital e direcionado para quem ainda não tem acesso a internet” destacou o vereador Fabrício Tavares, empenhado em divulgar o projeto.

O ato oficial será às 10h da sexta-feira, 19, no Palácio Piratini. O Programa será implantado, num primeiro momento, em 300 cidades até julho de 2018 e vai garantir conectividade a mais de 40 mil localidades (com cerca de 100 a 300 famílias) sem acesso à internet banda larga. Para garantir o acesso ao programa Internet para Todos, os municípios devem fazer a inscrição previamente junto ao Ministério, bem como o credenciamento das empresas de telecomunicações que levarão o serviço às localidades. Caberá às prefeituras indicar os locais que precisam de atendimento e assinar o termo de adesão para definir a infraestrutura básica e as condições necessárias para a instalação dos equipamentos.

Fabrício destaca que é uma excelente oportunidade para Pelotas incluir áreas ainda carentes de acesso a Internet Banda Larga.

Fabrício Tavares disse que já repassou as informações à prefeita Paula Mascarenhas sobre o projeto e sugeriu a adesão de Pelotas ao programa. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Pelotas, Fernando Estima também foi informado pelo vereador sobre a oportunidade que Pelotas terá, com o programa, de incluir uma gama de pessoas que ainda não possuem acesso a internet. Para isso o município terá que ceder a área para colocar os equipamentos e a proteção dos mesmos, os prefeitos devem enviar à Câmara o pedido de isenção de ISS de todas as atividades ligadas ao Programa. A Telebras e as empresas habilitadas deverão instalar as antenas.

O Programa vai ampliar a cobertura de banda larga no Brasil, levando acesso diretamente à população desatendida, a partir do programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac). Tavares finalizou dizendo que a ‘- inclusão dos municípios e mesmo a definição das localidades a serem atendidas será feito pelos próprios municípios na sua adesão ao programa’, pelo que apurou junto ao ministro Kassab.




Comentários