UCPEL APRESENTA MODELO DE OBSERVATÓRIO PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

Equipe da Universidade Católica de Pelotas, liderada pelo reitor José Carlos Bachettinni Júnior, esteve em Bagé para o importante evento.

PAULO GASTAL NETO – De Bagé

Durante o encontro do Programa Liderança para o Desenvolvimento Regional (LIDER), a Universidade Católica de Pelotas (UCPel) apresentou uma nova ferramenta que deverá ser adotada para auxiliar o desenvolvimento das regiões Sul, Campanha e Fronteira Oeste. O Observatório para o Desenvolvimento Territorial será um portal de informações, local onde constará dados, documentos e estudos da região Sul que deverão auxiliar novos investimentos e pesquisas.

     O evento promovido pelo Sebrae nos dias 13 e 14 de novembro reuniu lideranças dos 43 municípios envolvidos na cidade de Bagé. De acordo com o reitor da UCPel, José Carlos Bachettini Júnior, a realização do Líder pode ser considerado um momento histórico por conseguir angariar e um único projeto todas as instituições de ensino das três regiões.

     Bachettini falou sobre o Comitê da Cidade, ação que começa a ser desenhada em Pelotas para elencar cinco problemas do município. “Cerca de 600 trabalhos de conclusão de curso são defendidos na UCPel a cada ano e muitas vezes essas informações acabam ficando engavetadas. A partir de 2018, todos os trabalhos finais da graduação serão voltados para a resolução desses problemas”, adiantou. O Observatório ainda receberá informações de universidades como Unipampa, Furg, IFSul, UFPel, Urcamp e da Embrapa.

     Conforme o coordenador do Escritório de Desenvolvimento Regional (EDR) da UCPel, Ezequiel Megiato, o portal do Observatório irá agregar informações distintas sobre as três regiões. “Apesar das diferenças, as regiões Sul, Campanha e Fronteira Oeste também têm muita coisa em comum, principalmente o desejo de transformar o território por meio do desenvolvimento”, explicou.

     O Observatório irá congregar informações como dados econômicos e sociais. Terá como visão o tripé formado pela sustentabilidade entre as áreas econômico, social e ambiental. “Nossa proposta é a criação de um espaço que reúna dados das regiões a fim de unificar informações e servir de referência para investidores, para formadores de políticas públicas e também como base cientifica e acadêmica para a pesquisa”, ressaltou Megiato.

     Além da apresentação do Observatório para o Desenvolvimento Territorial, representantes das três regiões mostraram os avanços obtidos durante os dois anos de trabalho. A nova estrutura de governança, responsável por acompanhar os projetos existentes e planejar as novas ações, também foi nomeada e apresentada, assim como os projetos-piloto em andamento.

Conheça o Líder

O projeto Líder visa mobilizar lideranças das regiões Sul, Fronteira Oeste e Campanha para a promoção do desenvolvimento regional. No total, 126 líderes de 43 municípios integram a iniciativa. Além do reitor José Carlos Bachettini Júnior, representa a UCPel no programa o coordenador do Escritório de Desenvolvimento Regional, Ezequiel Megiato.

Os eixos priorizados em cada região são: Campanha – Agronegócio, Educação, Energia e Turismo; Fronteira-Oeste – Agronegócio, Energia, Indústria e Turismo; Sul – Agronegócio, Educação, Energia e Recursos Hídricos, Tecnologia e Inovação e Turismo.




Comentários