Azul inicia voo noturno no Aeroporto de Pelotas

    Estive na madrugada de quinta para sexta-feira passada no Aeroporto de Pelotas com a expectativa de observar o primeiro voo noturno da Azul na cidade. No entanto, como deverá ocorrer em outras oportunidades durante o inverno, os dois voos (Porto Alegre – Pelotas e Pelotas – Porto Alegre) foram cancelados por “falta de teto”.

    Conversei com o sempre atento leitor do blog Rafael Lopes que me passou algumas informações interessantes. Reproduzo a seguir o que escreveu o Rafael.

    Nesta época do ano é mesmo difícil, até mesmo em aeroportos com ILS categoria 2 – o mesmo que está sendo instalado em Porto Alegre e deverá estar operacional somente em Dezembro. Ainda assim, não basta ter o equipamento, pois a tripulação deve ter treinamento e estar homologada para tal procedimento. Como o período mais critico é o mês de Julho, este tipo de situação deverá ter efeitos menores a partir de agora. 

    Com referência ao número de passageiros, nestes primeiros dias do voo noturno a ocupação ficou com média de 50%. Nesta segunda-feira, na saída de Porto Alegre às 00:31 (voo 4356) embarcaram 30 e de Pelotas às 05:00 (voo 4441) embarcaram 33 passageiros. 

    Analisando estes números posso entender que pode estar ocorrendo esta ocupação por dois motivos: 1º) Provável que este voo ainda não tenha penetração na região, ou seja embarque e desembarque de passageiros de outras cidades. O voo com maior números de passageiros teve 37 lugares ocupados. 2º) Com a possibilidade de cancelamentos ou atrasos devido a condição climática os passageiros ainda não tem confiança plena neste voo. Isto deve melhorar com o final do inverno.

    Posts relacionados:

    * Anac autoriza voo noturno Pelotas – Porto Alegre
    * Azul solicita novamente voo noturno Porto Alegre – Pelotas
    * Expresso Embaixador terá linha Rio Grande x Pelotas (Aeroporto)
     ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    quatro × quatro =

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.