LUTA PELA RETOMADA DO POLO NAVAL

Reunião no Estaleiro EBR. Foto: Juliana Thomaz

“Os estaleiros de Rio Grande e São José do Norte estão preparados para a retomada do Polo Naval”. A frase do presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Indústria Naval Brasileira, deputado federal Alexandre Lindenmeyer (PT-RS), é consenso entre os diversos representantes do segmento em todo o Brasil que estiveram nos dois municípios para conhecer de perto as estruturas e as potencialidades da região na sexta-feira (6/10).

As visitas aos estaleiros EBR e Rio Grande e a reunião pública que aprofundou os debates sobre a pauta fazem parte de uma série de encontros técnicos que a Frente promove nos principais centros navais do país. Ao final dos roteiros, será editado um relatório com as ações e conclusões do grupo no sentido de enxergar os melhores caminhos para recuperar o setor naval no país.

Visita ao Estaleiro Rio Grande. Foto: Juliana Thomaz

Conforme o deputado Lindenmeyer, é preciso haver uma política de Estado sobre as questões que envolvem a indústria naval, para que essa cadeia produtiva esteja protegida das eventuais mudanças de governo. A manifestação é apoiada pelo reitor da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Danilo Giroldo, que confirma a parceria da Universidade nesse desafio. “Precisamos sim de um arcabouço de garantias para o setor, mas estou muito satisfeito por fazermos parte dessa mobilização em favor da indústria naval, reunindo diversos setores, as frentes parlamentares e todo o envolvimento para impulsionar o desenvolvimento econômico e social”, declarou.

O deputado estadual Miguel Rossetto (PT), presidente da Frente em Defesa da Indústria Naval Brasileira e Gaúcha na Assembleia Legislativa, enfatiza que o sentimento é de confiança. “Estamos articulados na Assembleia, Câmara Federal e municípios, junto com os petroleiros, para dar potência à retomada da indústria naval no Brasil. Boas notícias para o Rio Grande”.

Sérgio Leal, secretário-executivo do Sinaval, também destaca a união entre todos os envolvidos. “Damos todo o nosso apoio a esse movimento em favor da retomada da indústria naval, e ressalto a importância das frentes parlamentares, o trabalho do deputado Alexandre em arregimentar forças que estavam dispersas e que agora se unem para reerguer a indústria e trazer emprego, renda e desenvolvimento”, salienta.

O mesmo sentimento é compartilhado por representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Transpetro, Sindicatos dos Metalúrgicos de Rio Grande e SJN, Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM), Petrobras, Marinha do Brasil, Sindipetro e Emgepron, que participaram dos eventos.

Para Benito de Oliveira Gonçalves, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, as esperanças se renovam. “Vi aqui uma corrente positiva que se mantém viva através do trabalho da Frente Parlamentar e que nos traz uma nova grande oportunidade, pois aqui temos estrutura, equipamentos modernos, e à medida que comecemos a produzir plataformas e navios, ampliaremos também a formação de mão de obra”, comemora.

A comitiva também teve a participação do vereador Rovam Castro, coordenador da Comissão Especial pela Retomada do Polo Naval em Rio Grande da Câmara Municipal, do deputado estadual suplente Halley Lino de Souza e do vereador Luiz Gautério, de São José do Norte.

Comentários