RS TERÁ FÁBRICA DE AVIÕES

Companhia Aeromot — Aeronaves e Motores S.A. —, empresa de tecnologia aeronáutica com mais de 50 anos de fundação (Divulgação/Divulgação) .

A brasileira Aeromot anuncia investimento de 300 milhões de reais em planta para produzir aeronaves leves

Vinte e cinco anos depois de o RS ter perdido a fábrica da Ford para a Bahia, o terreno onde ficaria a montadora em Guaíba, foi cedido pelo governo do estado para a Aeromot, fabricante de aeronaves. Na semana passada, o presidente da empresa Guilherme Cunha, esteve em Brasília para anunciar o seu plano de expansão ao vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin. O Brasil possui a segunda maior frota de aviação executiva do mundo e está em um processo de retomada da construção de aeronaves leves.

A unidade gaúcha terá um investimento de mais de 300 milhões de reais e deve gerar 1.500 empregos. A empresa, fundada em 1967, é uma das mais antigas do país em serviços aeronáuticos e pretende tornar o parque de montagens referência para operações em outros estados. A  previsão de faturamento é de 500 milhões de reais por ano.

Comentários