ROBOPEL-211 ABRE CHAMADA PARA INSCRIÇÕES DE PROPOSTAS DE OFICINAS PRESENCIAIS E DIGITAIS

O Robopel-211 é uma realização do Pelotas Parque Tecnológico e Prefeitura Municipal de Pelotas. Foto: Divulgação – Parque Tecnológico

Estão abertas as inscrições para propostas de oficinas do Robopel-211, que acontecerá nos dias 06 e 07 de julho no Pelotas Parque Tecnológico, e online entre 06 a 31 de julho. A programação integrará o projeto “InovaPEL 2023: Inovação Aberta e Interação Digital no Centro da Estratégia”, lançado neste ano em uma parceria do parque com a Prefeitura Municipal de Pelotas. Os interessados poderão encaminhar suas sugestões até 04 de junho através do formulário de inscrição online, disponível em https://forms.gle/1HEsDmtHT3tGhsnE9, para apresentação em dois formatos: presencial ou digital.

Em sua sexta edição, o Robopel é um dos principais eventos no calendário do Pelotas Parque Tecnológico, e promove o impulsionamento da educação tecnológica aos jovens das escolas públicas e privadas da região desde 2018. Uma das novidades é que neste ano todas as oficinas deverão contar com temática de áreas previstas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

As propostas podem ser apresentadas tanto por professores de educação básica ou superior de instituições públicas e privadas, alunos da educação básica acompanhados de um ou mais professores, alunos e pesquisadores de ensino superior, instituições públicas ou privadas de educação/aprendizagem formais ou não formais, e empreendedores de educação.

“Através das nossas oficinas, é possível apresentar inúmeras possibilidades, ferramentas, projetos e facilidades aos alunos, plantando uma semente diretamente ligada à inovação que futuramente contribuirá para o desenvolvimento de Pelotas e da zona sul nos mais diversos setores”, pontua Rosâni Ribeiro, Diretora Executiva do Pelotas Parque Tecnológico.

No formato digital, as oficinas serão transmitidas pelo canal do Robopel no YouTube e na TV Câmara de Pelotas (sinal aberto 21.2 – Net canal 16). Já no formato presencial, serão aceitas mostras, oficinas, atividades práticas, entre outras modalidades que possibilitem a interação dos alunos e professores.

Sobre a seleção de oficinas
Após a submissão do formulário de inscrição digital, a análise das propostas será realizada pela Comissão Avaliadora, composta pelos integrantes da organização do Robopel-211. Para a escolha, serão avaliados os objetivos estabelecidos na Chamada Pública, disponível no site pelotasparquetecnologico.com.br/#editais.

Depois de aprovada, o proponente será responsável pela gravação e submissão de sua oficina até o dia 15 de junho. Os resultados serão divulgados no dia 07 do mesmo mês.

O Robopel-211 é uma realização do Pelotas Parque Tecnológico e Prefeitura Municipal de Pelotas, com coordenação da Escola Sesi Pelotas, Reverso Comunicação Integrada, ELIMU Social, NTE – Núcleo de Tecnologia Educacional de Pelotas/5ª CRE (Coordenadoria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul), CRIE/UFPel e CETEP – Centro Tecnológico Educacional de Pelotas/SMED – Secretaria Municipal de Educação. Apoio Institucional da Câmara de Vereadores de Pelotas – TV Câmara, além do apoio do Sebrae, SENAC, AZONASUL, Copes – Consórcio Extremo Sul, Co.Place Coworking, Sicredi, Instituto Federal Sul-rio-grandense e SEPRORGS. Patrocínio Associação Comercial de Pelotas (ACP), Banrisul, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), CRESOL, SICREDI e Internet oficial Vetorial Internet e Tecnologia.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural. Possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa. Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Comentários