FRUKI BEBIDAS REDUZ EMISSÃO DE CARBONO NO EQUIVALENTE AO PLANTIO DE 3,6 MIL ÁRVORES

Em 2022, a reciclagem atingiu a meta de 100% dos resíduos gerados no processo produtivo das bebidas, contra 98,93% registrado em 2021. Foto: Moglia Comunicação Empresarial

Marco atingida em 2022 foi possível devido à matriz energética da empresa, proveniente de fontes renováveis

Comprometida a melhorar cada vez mais seus ecoindicadores, a Fruki Bebidas, uma das maiores indústrias regionais de bebidas do Brasil, encerrou 2022 com uma redução de 511,14 tCO2 equivalente nas emissões de gases do efeito estufa, o que representa o plantio de 3.650 árvores. A conquista foi possível graças à utilização de energia proveniente de fontes renováveis.

Por onze anos consecutivos, a Fruki recebe o Certificado de Uso de Energia Renovável da Mercatto Energia, empresa especializada em mercado livre de energia. Para contabilização dos resultados, foi aplicada a abordagem proveniente do GHG Protocol, metodologia que considera todas as fontes de geração conectadas ao SIN (Sistema Interligado Nacional) para calcular a quantidade de CO2 emitida por cada gerador. As questões ambientais têm grande relevância para a Fruki e são aprimoradas continuamente.

“Buscamos ser uma empresa socialmente e ambientalmente responsável. A credibilidade dos nossos produtos, processos e ações são fundamentais para nosso negócio. Contribuir para um mundo melhor, fazendo nossa parte, faz parte do nosso propósito”, destaca a presidente da Fruki Bebidas, Aline Eggers.

Em 2022, a reciclagem atingiu a meta de 100% dos resíduos gerados no processo produtivo das bebidas, contra 98,93% registrado em 2021. Todos os resíduos sólidos são destinados para empresas devidamente licenciadas. “Estamos sempre buscando adotar as melhores práticas possíveis, seguindo diretrizes ESG (Environmental, Social and Governance) diz, Fernando Danieli – Coordenador de Controle de Qualidade e Meio Ambiente.

Comentários