PETROBRAS DIZ QUE SERÁ PARCEIRA NA RECONSTRUÇÃO DA INDÚSTRIA NAVAL BRASILEIRA, DIZ ALEXANDRE LINDENMEYER

O deputado federal Alexandre Lindenmeyer (PT-RS) se reuniu, na quarta-feira (15/02), em Brasília, com o presidente Petrobras Jean Paul Prates para tratar sobre a situação do setor naval brasileiro e a importância de resgatar a indústria da construção naval como fonte de desenvolvimento e geração de emprego e renda. Foto: Paky Rodrigues/Petrobras

Deputado federal foi recebido pelo presidente da Petrobras. Jean Paul Prates disse que vai ajustar a agenda para, em breve, visitar a Refinaria Riograndense e os estaleiros de Rio Grande

O deputado federal Alexandre Lindenmeyer (PT-RS) se reuniu, na quarta-feira (15/02), em Brasília, com o presidente Petrobras Jean Paul Prates para tratar sobre a situação do setor naval brasileiro e a importância de resgatar a indústria da construção naval como fonte de desenvolvimento e geração de emprego e renda. “O presidente disse que a empresa enxerga o setor como estratégico e deixou claro que a Petrobras vai agir, ao lado do governo Lula, para a recuperação da nossa indústria naval. Esta também é uma diretriz do governo”, ressaltou o parlamentar, otimista na saída do encontro que durou duas horas na sede da empresa.

Lindenmeyer, que foi prefeito de Rio Grande (RS), quando a cidade viveu o momento pujante da economia com o polo naval, salientou que a recuperação da indústria naval pode refletir na concretização de novos contratos e vai significar a retomada e fortalecimento do setor em Rio Grande e São José do Norte. “Podem ter certeza que vamos reverter a desmontagem que foi feita durante os governos Temer e Bolsonaro, pois agora temos um governo que está preocupado em gerar empregos na indústria naval brasileira”, comemorou o deputado.

Sobre a Refinaria Riograndense, Jean Paul Prates reafirmou o seu compromisso em encontrar caminhos que qualifiquem a empresa, que é pequena dentro da estrutura da Petrobras, mas que, segundo ele, é muito importante para Rio Grande e região. De acordo com Lindenmeyer, o presidente ressaltou que a Petrobras será parceira, inclusive, para tornar a refinaria um exemplo de biorrefinaria no futuro.

Segundo Lindenmeyer, Prates deve ajustar a agenda para, em breve, visitar a Refinaria Riograndense e os estaleiros de Rio Grande. O ex-deputado federal Henrique Fontana, que presidiu uma Frente Parlamentar em Defesa do Polo Naval na última legislatura, também participou da audiência. Esteve presente, ainda, o futuro diretor de Desenvolvimento da Produção, Carlos Travassos.

Comentários