ESPECIAL DE DOMINGO: PROGRAMA PARQUE ATIVO IMPULSIONA ATIVIDADES DE INOVAÇÃO NO PELOTAS PARQUE TECNOLÓGICO

Contemplado pelo Edital de Incubadoras SEBRAE 001/2020, o Pelotas Parque Tecnológico, em parceria com empresas vinculadas ao ecossistema da inovação, deu início às iniciativas de apoio a startups e empresas que estão iniciando seus negócios. Através de oficinas, lives e ações de consultoria de comunicação, já foram realizadas três ações de alto impacto voltadas para a inovação através do Programa Parque Ativo no primeiro semestre do ano.

Entre as atividades, está uma oficina de Design Thinking, realizada para empresas que aderiram ao Projeto Parque Ativo sob coordenação técnica da empresa Indeorum, e também encontros do Impulse Meetup, evento de estímulo ao empreendedorismo e geração de novos negócios com instituições de ensino com a coordenação da CoPlace Coworking. Através de lives em formato de conversa virtual, turmas de Aprendizagem Comercial do Senac e de instituições universitárias como a Faculdade Anhanguera, o Centro Universitário Claretiano, a Faculdade Uniasselvi Polo Pelotas e a Uniergs, e turmas de Jovem Aprendiz do CIEERS Pelotas, já participaram do Impulse Meetup no mês de junho.

Além das oficinas e lives, o projeto conta com uma Consultoria de Relações Públicas realizada pela Reverso Comunicação Integrada para auxiliar as empresas em soluções estratégicas. “Os empreendedores entendem a importância da comunicação em seus negócios, mas isso não pode ser apenas criar uma rede social sem o olhar estratégico. O Pelotas Parque está sendo inovador com esse projeto e incluindo a comunicação como um diferencial para as suas empresas com uma agência dentro do próprio parque”, explica Tatiane Mizetti, CEO da Reverso, que tem compartilhado suas visões, experiências e técnicas no projeto. Segundo ela, a etapa inicial é de encontros virtuais com cada empresa para diagnosticar o contexto delas. Ao final do projeto, elas receberão um plano que poderá auxiliar na oferta dos seus serviços e produtos.

Empreendedores já colhem resultados
A série de ações, que seguirão até o próximo ano, já está trazendo bons resultados e reflexões para as empresas participantes. Gabriel Terra Feron, Coordenador Geral da VouConstruir.net, conta que a participação na oficina e na consultoria com a Reverso Comunicação foi importante para orientar a empresa e expandir suas vendas. “Com a oficina de Design Thinking, conseguimos pensar no crescimento da VouConstruir.net para desenvolver o nosso novo site, adquirir conhecimentos e melhorar os nossos processos. E através da consultoria, nós conseguimos verificar algumas falhas para que possam ser corrigidas, e melhorar as nossas vendas com a expansão da empresa”, destaca Feron.

Rosâni Ribeiro, Diretora Executiva do Pelotas Parque Tecnológico, destaca que o Parque Ativo surgiu em meio à pandemia e já está transformando a forma como os participantes encaram o empreendedorismo. “As atividades que temos promovido buscam apoiar jovens empreendedores para despertar a criação e inovação em projetos de base tecnológica. Iremos seguir na crescente de ações que viabilizam cada vez mais ideias criativas para a nossa cidade, nossas startups e empreendedores de toda a região”, salienta.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural. Possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa. Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Comentários