ESPECIAL DE DOMINGO: PELOTAS TERÁ VOOS DIRETOS DA GOL PARA SÃO PAULO A PARTIR DE DEZEMBRO

Companhia já tem linhas diretas de Caxias do Sul e Passo Fundo para o estado paulista. Foto: Divulgação.

Pelotas terá voos diretos da Gol Linhas Aéreas para São Paulo a partir do dia 13 de dezembro. Em 30 março de 2022, será a vez de Uruguaiana ganhar linha direta para o estado paulista, seguida pelos municípios de Santo Ângelo, no dia 30 de junho, e Santa Maria, em outubro, em data ainda a ser definida. A Companhia já opera linhas diretas de Caxias do Sul e Passo Fundo para o estado paulista. O RS já conta com rotas regionais ligando a capital gaúcha ao interior do Rio Grande do Sul, rotas essas que serão ampliadas, segundo a empresa aérea.
“Sabemos que o aeroporto de Guarulhos é um dos mais movimentados da América do Sul, da América Latina, e conecta dali para o resto do mundo e para diversos destinos nacionais. E assim, vamos colocando cada vez mais o Rio Grande do Sul em um contexto nacional e global, facilitando o acesso às diversas regiões do nosso Estado. Fazendo essa conexão com o Brasil e com o mundo, impulsionamos o desenvolvimento de todo o Rio Grande do Sul. É uma notícia muito positiva e vamos continuar trabalhando para que, cada vez mais, o RS esteja conectado, ajudando a desenvolver cada uma das nossas regiões”, destacou o governador Eduardo Leite, sobre a decisão logística da empresa.

Programa Estadual de Desenvolvimento da Aviação Regional

O PDAR tem o intuito de promover o crescimento econômico, social e turístico do Rio Grande do Sul com a ampliação das rotas de voos regulares e a qualificação dos aeroportos regionais. Criado em outubro de 2015, o PDAR-RS já resultou na criação de seis novas rotas entre Porto Alegre e o interior, nas cidades de Uruguaiana, Santo Ângelo, Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Maria e Pelotas.

Apenas nos aeroportos de Santo Ângelo, Passo Fundo, Caxias do Sul e Vacaria, a Secretaria de Logística e Transportes – por meio do Departamento Aeroportuário (DAP) – investiu mais de R$ 7 milhões durante os primeiros quatro anos do PDAR-RS. Os recursos foram utilizados na construção de terminais de passageiros, na recuperação de pistas de pouso e decolagens e em diversas melhorias, como reformas de seções contra incêndio, compra de equipamentos e veículos.

Em 2019, o governo publicou o Decreto 54.685, que prevê a redução de base de cálculo na compra de querosene de aviação no RS. O texto possibilitou que a alíquota do combustível caísse a até 2%, dependendo da quantidade de rotas ofertadas, da disponibilidade de assentos e da frequência de voos.

O benefício entrou em vigor em janeiro de 2020. Desde então, representantes de companhias aéreas, como a Gol e a Azul, que já opera com seis ligações regionais no Estado, anunciaram a intenção de ampliar a oferta de voos e de municípios gaúchos atendidos.

Comentários