ESPECIAL DE DOMINGO: LOCAWEB COMPRA A STARTUP PELOTENSE MELHOR ENVIO POR R$ 83 MI

Empresa foi incubada do Ciemsul da UCPel durante os anos de 2013 a 2016, sendo uma das primeiras a ocupar o Pelotas Parque Tecnológico

A startup Melhor Envio foi adquirida por R$ 83 milhões pela Locaweb, líder no Brasil e na América Latina em hospedagem de sites, serviços de internet e computação em nuvem. A negociação foi firmada em 14 de dezembro. “Assinamos todos os contratos e, na sequência, eu e meus sócios fomos a uma reunião para contar a notícia para toda empresa. Foi emocionante”, comenta o CEO da Melhor Envio, Eder Medeiros.

A plataforma pelotense foi a primeira a oferecer frete via e-commerce, conectando pequenos e médios vendedores da internet às principais transportadoras e empresas de logística do país. Com o apoio da Locaweb, a expectativa é de que o ritmo de crescimento seja mais acelerado, atingindo uma base maior de clientes.

Medeiros garante que será mantido o serviço e a. “O dono da Melhor Envio mudou, mas todo o resto segue igual. O time segue o mesmo, a diretoria também, nossos gerentes, sub-gerentes e todos os funcionários permanecem”, destaca. A diferença, segundo o CEO, é o acesso a um arsenal intelectual e financeiro mais abrangente.

Trajetória de sucesso

A Melhor Envio foi incubada, entre os anos de 2013 a 2016, no Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul) da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), sendo uma das primeiras empresas sediadas no Pelotas Parque Tecnológico. Sua rápida ascensão levou os 200 colaboradores para uma sede própria, instalada na avenida República do Líbano, em outubro de 2019.

A fundação da empresa de intermediação logística ocorreu em 2015, mas o negócio se consolidou em 2019, quando a receita líquida atingiu R$ 8 milhões. No balanço geral de 2020, o valor será superior a R$ 30 milhões, atingindo mais de sete milhões de envios pagos e quase 100 mil clientes.

A fim de mensurar tamanho crescimento, Medeiros oferece alguns exemplos: “Em um dia normal, fazemos mais envios do que em 2016 inteiro. No último dia 30 de novembro, entre 14h e 17h, fizemos mais envios do que em todo o ano de 2015”.

Comentários