CMPC OBTÉM RECONHECIMENTO RECONHECIMENTO INTERNACIONAL POR GESTÃO DE RECURSOS ESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS

    A CMPC está entre as 71 empresas com a mais alta classificação de 2.435 avaliadas pelo CDP, que analisa práticas ambientais

    O Grupo CMPC foi reconhecido por suas ações de segurança hídrica em um evento realizado em 11 de março em São Paulo pelo CDP (Carbon Disclosure Project), organização sem fins lucrativos líder na análise de divulgação de práticas ambientais corporativas e também em grandes cidades. A CMPC está entre as 71 empresas que tiveram a melhor classificação de 2.435 avaliadas. Segundo dados coletados pelo CDP, apenas 2% das empresas no mundo são reconhecidas por suas ações de gestão dos recursos hídricos.

    Entre os compromissos de desenvolvimento sustentável da CMPC estão a redução de 50% nos gases de efeito estufa até 2030, a preservação de 42% das áreas florestais no Brasil, o que corresponde a 136 mil hectares de um total de 324 mil hectares, alcançar zero resíduo até 2025 e o objetivo de reduzir o consumo de água em 25% por tonelada de produto também até 2025, nas oito plantas industriais da América Latina.

    “Essa conquista é um reconhecimento de nossas práticas e compromisso de longo prazo com a sustentabilidade. Conservar o meio ambiente e os recursos naturais dos quais dispomos é um dos 3 C’s do nosso propósito – que se une ao criar soluções inovadoras por meio da celulose e conviver com as centenas de comunidades vizinhas –, a partir disso entendemos que para o uso da água de forma consciente e responsável em nossos processos produtivos, são fundamentais uma boa gestão e um bom planejamento de recursos hídricos”, destaca Mauricio Harger, diretor-geral da CMPC. Ele acrescenta que é o quinto ano em que a empresa participa da avaliação de segurança hídrica e a primeira vez em que obtém a classificação mais alta (“Lista-A”) na avaliação do CDP.

    Além de valorizar as empresas e cidades que se destacaram por suas iniciativas de sustentabilidade, durante o evento, o CDP também lançou o Índice CDP Brasil de Resiliência Climática (ICDPR-70).

    Sobre a CMPC

    A planta de Guaíba da CMPC faz parte do grupo chileno CMPC (Compañia Manufacturera de Papeles y Cartones) e produz celulose branqueada de eucalipto e papel para impressão e escrita. A CMPC é a maior fabricante gaúcha de celulose branqueada de fibra curta de eucalipto, com 90% da produção destinada à exportação, especialmente para a fabricação de papéis de higiene pessoal (tissue) de alto valor agregado. Em 2019 a empresa completou 10 anos de atuação no Brasil. O grupo CMPC conta com mais de 17 mil colaboradores em 8 países. Outras informações no site http://www.cmpc.com.br/.




    Comentários