COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 28.01.2020

 

CAMINHOS DA ZONA SUL

www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

Queda – As exportações industriais do Rio Grande do Sul fecharam 2019 com US$ 12,2 bilhões, uma queda de 11,5% em relação ao ano anterior. O resultado fraco é consequência da redução das vendas para parceiros comerciais relevantes no acumulado do ano, com destaque para China (-11,4%) e Argentina (-36,3%). Os setores que mais sofreram com essa queda foram os de Químicos (-9,2%) e Veículos automotores, reboques e carrocerias (-25,3%). “A crise da Argentina vêm diminuindo as vendas para lá e ainda não encontramos nichos de substituição deste mercado, já que a maior parte dos setores estão em queda nos negócios com o país vizinho”, ressalta o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry, ao divulgar a pesquisa no dia 13 de janeiro.

***

Campanha – Janeiro é o mês de recolhimento da contribuição sindical patronal. Mais do que uma contribuição ou uma obrigação, as empresas devem encará-la como um investimento. Assim, o Sindicato da Indústria da Construção e Mobiliário (Sinduscon) de Pelotas e Região vem trabalhando a questão para incrementar a arrecadação e incentivar seus associados a contribuírem. A nova campanha, lançada em redes sociais, alerta que a contribuição sindical é um investimento revertido nos mais diversos serviços e no suporte às empresas na busca de novas oportunidades e fortalecimento dos negócios. Com o trabalho ativo do sindicato, as empresas contam ainda com ações de defesa de interesses e de melhoria da competitividade do setor.

***

Mercado – Aliás, já que mencionamos a campanha do Sinduscon ali em cima, a coluna recebe informações do setor que encaminham um bom ano para o mercado imobiliário, que apresenta recuperação. Os números do primeiro trimestre deste ano eram animadores e apontavam um aumento de 30% em 2018 na comercialização de imóveis em relação ao ano anterior, indicando um caminho promissor para 2020, além dos dados do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que constatou que em 2019 o brasileiro gastou R$ 57,5 bilhões na compra e construção de imóveis no ano passado, 33% maior que todo o montante investido em 2018.

***

Abriu – Pelotas recebeu a 7ª loja da Havan no Rio Grande do Sul. A inauguração aconteceu sábado, dia 25. Com um mix de produtos de 100 mil itens nacionais e importados em diferentes setores como: cama, mesa e banho, eletro, eletrônicos, utilidades domésticas, bazar e outros, a Havan investiu R$ 25 milhões na construção do empreendimento. Com nove mil metros quadrados construídos, junto ao Jockey Club, a varejista está gerando 150 empregos diretos na região. Área de alimentação, fachada estilizada da Casa Branca americana e a famosa Estátua da Liberdade estarão presentes na megaloja. Em Pelotas, a rede abre a 7ª unidade rio-grandense-do-sul e a 142ª do grupo. A meta para o primeiro semestre de 2020 é de chegar a 165 lojas em funcionamento. Com este projeto de expansão, a empresa passará de 22 mil colaboradores diretos para 25 mil, só nos primeiros seis meses deste ano.

***

Rede – O coordenador do Movimento Aliança Rio Grande e presidente da Câmara de Comércio, Antônio Carlos Bacchieri Duarte participou juntamente com comitiva de encontro com o Grupo RBS em que foram abordados os principais assuntos para o ano de 2020. Participaram lideranças de Rio Grande, Pelotas e demais municípios da zona sul. O evento permitiu que as lideranças apresentassem pautas a serem trabalhadas pelo Grupo RBS em seus veículos de comunicação, ampliando assim, a voz da metade sul em seus principais anseios. O Movimento Aliança sugeriu três pautas: término da duplicação da BR-116; dragagem permanente do canal de acesso ao Porto do Rio Grande e; uma campanha massiva pelo voto consciente e responsável na Eleição 2020. Na comitiva do Movimento Aliança ainda estavam o presidente da CDL Rio Grande, Igor Klinger; presidente do Sindanave, Fernando José Fuscaldo Júnior e; Cônsul da Noruega, Anthony Baptista. Outras autoridades também estiveram como: o prefeito do Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer; superintendente dos Portos, Fernando Estima; a reitora da FURG, Cleuza Maria Sobral Dias; o ex-prefeito Janir Branco; o coordenador do Oceantec/Furg, Artur Gibbon e o presidente da Assembleia Legislativa Gaúcha, Luís Augusto Lara.

***

Até a próxima!




Comentários