COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 07.01.2020

CAMINHOS DA ZONA SUL

www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

Construção civil – O setor imobiliário brasileiro foi um dos poucos que deu sinal claro de recuperação em 2019. A construção civil encerrou o ano passado com um crescimento de cerca de 2%, o dobro da previsão para a expansão da economia, que gira em torno de 1%. O setor está otimista para 2020, lembrando que desde 2013, a construção civil não crescia acima do PIB (Produto Interno Bruto). Segundo empresários, a ‘construção civil’ e o imobiliário estão sendo considerados ‘o motor de crescimento da economia’ para este ano podendo chegar a marca dos 3% de crescimento. Entre os fatores que vão causar o clima positivo estão a redução de juros para o mercado imobiliário, a queda da taxa Selic e a inflação baixa e contida. Esses elementos em conjunto proporcionam segurança econômica para a população contratar financiamentos de longo prazo, como é o caso do financiamento imobiliário.

***

Acesso – A Metroplan e a Prefeitura de Pelotas farão, através de convênio já assinado, a duplicação e pavimentação em blocos de concreto da avenida Cidade Lisboa, no trecho entre a avenida Duque de Caxias e a BR-116, no bairro Fragata. O local é uma das principais entradas da cidade, principalmente para o transporte público e veículos vindos dos municípios de Capão do Leão, Pedro Osório, Arroio Grande, Jaguarão, Bagé, Cerrito, Piratini e Candiota, além de acesso ao Porto do Rio Grande. A medida visa ainda fazer conexão dos moradores do bairro Fragata com a BR-116. O investimento totaliza R$ 1.815.398,57, sendo R$ 272.309, 81 da prefeitura de Pelotas e R$ 1.543, 088,76 da Metroplan.

***

Alta – O Shopping Pelotas encerrou 2019 com mais de 35 operações novas, enquanto que nos eventos o empreendimento foi considerado pelo MTG como o primeiro shopping a receber oficialmente a Chama Crioula durante a Semana Farroupilha.  O Gerente Geral do Shopping, Alex Rumbelsperger, destaca que as novas operações ao longo do ano foram de impacto para toda a região, como a abertura da Kalunga, que se destaca nacionalmente no mercado de papelaria. Com 110 lojas satélites atualmente, 35 quiosques, 8 lojas âncoras e 4 megalojas, a expectativa de Rumbelsperger é o aumento desse número em 2020. Ele na confiança da economia e na constância dos números positivos do shopping. O fluxo deve ter um aumento superior a 14% e as vendas acima de 12%. Isso também reflete na economia de toda região, já que o Shopping Pelotas gera 2,1 mil empregos diretos e indiretos.

***

Tempo extra – A prefeitura prorrogou para 31 de março de 2020 o prazo de vigência do Programa de Regularização Fiscal do ITBI – inicialmente previsto para terminar no final de dezembro de 2019 -, que dá desconto de 50% da alíquota de Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) para os contratos de promessa de compra e venda pactuados por instrumento particular, com firma reconhecida por serventia extrajudicial ou com caráter de escritura pública, até 31 de dezembro de 2017.

***

Ano Novo em alta – Depois de registrar movimento intenso e vendas expressivas para as comemorações do Natal, os supermercados gaúchos encerraram 2019 com um crescimento de 6,5% nas vendas de Ano-Novo, quando produtos alimentícios e bebidas para a ceia da Virada são os itens mais procurados pelos consumidores nas lojas do setor. Segundo a AGAS – Associação Gaúcha de Supermercados, o resultado positivo no Réveillon foi impulsionado pela venda de produtos de primeiro preço em categorias como espumantes e carnes suínas, além da alta procura por refrigerantes e cervejas e virtude do calor. “Novamente o clima ajudou e as bebidas cresceram 15% em relação ao mesmo período do ano anterior. Entretanto, na comparação com o Natal, as vendas do Réveillon ficaram um pouco abaixo”, disse o presidente da AGAS, Antônio Cesar Longo.

***

Até a próxima!

Comentários