COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 27.08.2019

    CAMINHOS DA ZONA SUL

    www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

    Estátua da Liberdade – O Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Rio Grande, Igor Klinger, esteve no canteiro de obras das Lojas Havan naquela cidade. A visita foi juntamente com o proprietário do empreendimento Luciano Hang e também participou da atividade o presidente da Câmara de Comércio, Antônio Carlos Bacchieri Duarte. Luciano esteve em Rio Grande após a paralisação da obra de construção da Havan, na ERS – 734 por terem sido constatados alguns artefatos antigos no terreno, há cerca de 15 dias. Luciano afirma que têm pressa para entregar a obra até o final do ano, e que está com 19 outras construções em andamento pelo Brasil.“Se não inaugurar esse ano, vai ficar para 2020. Eu queria Rio Grande, que recebe muitas pessoas, na Praia do Cassino, esses turistas ao final do ano, é importante trazê-los para Rio Grande, e isso é importante para a cidade, restaurantes, empresas. A Havan vem para o município para somar”, disse Luciano.

    ***

    ISL – É a sigla da empresa paraguaia Independencia Shipping Lines com quem o governador Eduardo Leite e o superintendente do Porto de Rio Grande, Fernando Estima, estiveram reunidos na semana passada em Montevidéu. A ISL, que faz parte do KMA Group, é especializada em transporte fluvial e conta com seis embarcações. O governador visitou um dos barcos da empresa, do tipo ‘roll-on-roll-off’, com capacidade para 10,5 mil toneladas de carga e que comumente transportam veículos. Segundo Eduardo Leite ‘está identificada uma oportunidade de viabilizar a hidrovia do mercosul em maiores quantidades de transporte’. O superintendente do Porto de Rio Grande, Fernando Estima, explicou que o RS tem interesse em ampliar o uso das hidrovias gaúchas, facilitando a logística de transporte de cargas.

    ***

    Rota – A pauta da reunião foi a implantação de uma rota entre Buenos Aires, Montevidéu, Rio Grande e Porto Alegre, apropriadas para navegar nas nossas hidrovias, ‘Em vez de aprofundarmos os canais, o ideal é procurarmos as embarcações apropriadas’, disse Estima. A coluna recebeu a informação de que a carga a ser transportada, inicialmente, seria de automóveis, entre Uruguai, Brasil e Argentina.

    ***

    Agas I – Realizada na semana passada no Centro de Eventos Fiergs, em Porto Alegre, a Expoagas 2019 – 38ª Convenção Gaúcha de Supermercados encerrou superando recordes históricos de negócios concretizados ao longo dos três dias de atividades e evidenciando mudanças de mercado que serão sentidas a partir do início de setembro por consumidores de todo o Estado: o volume de negociações transacionadas entre os visitantes e os 372 expositores do evento chegou à casa dos R$ 539 milhõesum crescimento de 6% em relação à edição passada do encontro.

    ***

    Agas II – A feira promovida há mais de três décadas pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) mais uma vez refletiu, em seus corredores, as tendências de futuro para o varejo, as mudanças no comportamento dos consumidores e as inovações que a indústria está preparando para último quadrimestre do ano e que em breve chegarão às gôndolas. “Hoje, um supermercado médio cadastra 80 novos produtos por semana em sua operação, mostrando a capacidade de inovação da indústria. A Expoagas 2019 refletiu isso, já que os expositores apresentaram mais de 800 lançamentos de equipamentos, produtos, embalagens, versões e sabores aos nossos visitantes”, salientou Antônio Cesar Longo, presidente da Agas.

    ***

    Até a próxima!




    Comentários