CIPEL QUER FOMENTAR OPORTUNIDADES PARA STARTUPS

A aproximação entre indústria e startups  pautou o evento promovido ontem (7) pelo Centro das Indústrias de Pelotas (Cipel) em parceria com o Pelotas Parque Tecnológico. Apresentando oportunidades para o financiamento de projetos e inovações, o diretor do Senai/RS, Carlos Artur Trein, mostrou cases e editais abertos para inscrições.

Conforme o presidente do Cipel, Amadeu Fernandes, a conexão entre empresários e futuros empreendedores configura uma relação ganha-ganha. “A indústria é um terreno fértil para startups porque dá escala para seus projetos. Em contrapartida, as grandes empresas conseguem aproveitar essas soluções inovadoras, rápidas e baratas para reduzir custos e aumentar produtividade”, disse.

Ao detalhar os editais, o palestrante apontou as formas de apoio disponibilizadas pelo Senai através de profissionais e instrumentos  de inovação, como a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e esclareceu dúvidas da plateia, formada por jovens integrantes de empresas incubadas e representantes de startups.

Entre os encaminhamentos, os parceiros anunciaram reuniões periódicas para a troca de informações e aproximação efetiva entre industriais e jovens empreendedores. Os encontros deverão ocorrer na Casa da Indústria para o levantamento de problemas, os quais instigarão projetos inovadores. A ideia, inclusive, é oferecer premiações às soluções que forem realmente úteis ao setor. “ Esse envolvimento é fundamental para o crescimento e abertura de fronteiras do Parque Tecnológico”, avaliou a diretora executiva da organização, Rosani Ribeiro.




Comentários