ESTADO BUSCA SOLUÇÃO PARA GERAÇÃO TÉRMICA EM RG

O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Rodrigo Limp Nascimento, confirmou, em reunião realizada em Brasília na quarta-feira (27), que será realizado novo leilão para instalação de usina termelétrica em terminal de gás natural liquefeito (GNL).

Como a vencedora do leilão 06/2014-Aneel (leilão A-5), previsto para Rio Grande, não apresentou viabilidade econômica, a agência reguladora decidiu realizar novo certame para contratação de energia elétrica. “Dificilmente o projeto sairá nos moldes atuais. Um plano sólido pode ser viável e se tornar apto a participar de futuros leilões de energia térmica”, explicou Nascimento.

A audiência na Aneel, solicitada pelo governo do Estado, teve a presença do secretário de Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, do prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer, da secretária de Relações Federativas e Internacionais, Ana Amélia Lemos, do superintendente do Porto do Rio Grande, Fernando Estima, e do presidente da Câmara de Pelotas, Fabrício Tavares, além de deputados federais e estaduais.

Lemos Júnior quer uma solução para a questão. “Independentemente da decisão, o que o estado precisa é ter uma definição. Ficar mais quatro anos nesta discussão é perder oportunidades. Não sendo viável, cabe a nós buscar novos investidores que queiram apresentar um projeto sólido e factível em dois setores que o Rio Grande do Sul precisa muito: gás e energia”, disse o secretário.




Comentários