COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 02.04.2019

CAMINHOS DA ZONA SUL

www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

ACP – Um sucesso de público o almoço com a palestra do empresário Luiz Eduardo Batalha, na Associação Comercial de Pelotas, na última terça-feira. Batalha, presidente da Pellco do Brasil falou sobre os investimentos que está promovendo no sul do RS como o plantio de oliveiras e produção de azeite, uma nova unidade industrial de ‘pellets’ em Pinheiro Machado, a produção de uvas para vinhos nobres, mas sobretudo ressaltou o desenvolvimento da cadeia produtiva florestal no estado proporcionando geração de emprego e renda e consequentemente o desenvolvimento regional em função da natureza do investimento. Batalha também é o proprietário da franquia do Burguer King no Brasil e recentemente esteve com o governador do estado, Eduardo Leite, onde anunciou que a Pellco investirá mais de R$ 1 bilhão, com participação de empresas nacionais e estrangeiras, na construção da fábrica, cuja capacidade de produção de ‘pellets’ – pequenos cilindros de madeira – será de 900 mil toneladas por ano. A obra deve começar ainda em 2019, e a previsão é que a fábrica gere mil empregos diretos e quatro mil indiretos. A unidade será sediada em Pinheiro Machado, em 138 hectares e com capacidade para produzir 900 mil toneladas de ‘pellets’ por ano com exportações para Ásia, EUA e Europa”, informou Luiz Eduardo Batalha.

***

Gás – O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Rodrigo Limp Nascimento, confirmou que será realizado novo leilão para instalação de usina termelétrica em terminal de gás natural liquefeito (GNL). Como a vencedora do leilão 06/2014-Aneel (leilão A-5), previsto para Rio Grande, não apresentou viabilidade econômica, a agência reguladora decidiu realizar novo certame para contratação de energia elétrica, porém também foi dito que “dificilmente o projeto sairá nos moldes atuais”. A audiência na Aneel, solicitada pelo governo do Estado, teve a presença do secretário de Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, do prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer, da secretária de Relações Federativas e Internacionais, Ana Amélia Lemos, do superintendente do Porto do Rio Grande, Fernando Estima, e do presidente da Câmara de Pelotas, Fabrício Tavares, além de deputados federais e estaduais. O secretário Lemos Júnior pediu uma solução para a questão.

***

Projeto – A semana passada foi marcada pelo lançamento do programa ‘RS Parcerias’, com a ideia de estimular o desenvolvimento do Estado, por meio de investimentos privados e visando a melhoria dos serviços públicos. Esse é objetivo do programa, que propõe uma forte política de concessões e parcerias público-privadas (PPPs). Na solenidade de lançamento já foram apresentados os primeiros projetos, que são a concessão das rodovias ERS-287 e ERS-324, Estação Rodoviária de Porto Alegre e do Parque Zoológico de Sapucaia do Sul, que somam investimentos de R$ 3,4 bilhões nos próximos 30 anos. As quatro propostas já passaram por estudo de viabilidade técnica, iniciado no governo passado, e foram aprovadas pelo Conselho Gestor do Programa de Concessões e parcerias público-privadas (PPPs) do Estado. Ainda novos ativos do Estado, para possíveis parcerias com o setor privado, estão sendo avaliados pelos técnicos do Departamento de Concessões e Parcerias Público-Privadas e deverão ser divulgados nos próximos meses.

***

Agas – Depois de passar pela Expoagro Afubra, em Rio Pardo, a escola móvel da Associação Gaúcha de Supermercados está em Rio Grande, desde ontem com o objetivo de qualificar gestores e colaboradores do varejo. A unidade itinerante da Agas estará ministrando aulas de atendimento, vendas, açougue, liderança e suprimento. A carreta demandou investimentos de R$ 500 mil pela entidade e tem capacidade para aulas com até 50 alunos. O projeto está em Rio Grande através da parceria entre a Associação e o Supermercados Guanabara. Os cursos serão abertos a profissionais de todo o varejo da região. O veículo está junto à Praça do Rio Grande Shopping. Os aprendizados têm preços R$ 60,00 para sócios Agas e de R$ 75,00 para não sócios. As formações atendem a diferentes áreas do varejo, possibilitando que diferentes setores do comércio possam participar. Em 2018, foram mais de 2.500 pessoas capacitadas na escola móvel, que visitou o Estado de Norte a Sul e Leste a Oeste.

***

Até a próxima!




Comentários