TERCEIRO ENCONTRO DOS MUNICÍPIOS HIDROVIÁRIOS DO RS ACONTECEU NA FAMURS

O vice-presidente de infraestrutura da Federasul, coordenador do Movimento Aliança Rio Grande e presidente da Câmara de Comércio da Cidade do Rio Grande, Antônio Carlos Bacchieri Duarte, participou recentemente do Terceiro Encontro dos Municípios Hidroviários do RS, na sede da Famurs, em Porto Alegre. O evento ocorreu em parceria com a Associação Hidrovias do Rio Grande do Sul (HidroviasRS) e reuniu cerca de 60 pessoas, entre prefeitos, vice-prefeitos, secretários, servidores e técnicos municipais, autoridades, entidades e empresas relacionadas ao sistema hidroviário.
Nesta edição, com o tema “Caminhos para o Desenvolvimento”, o evento buscou despertar o interesse no transporte hidroviário para geração de riquezas, empregos, novas empresas e tributos, tanto para o Estado quanto aos municípios contemplados.  Bacchieri em sua fala destacou a importância da desburocratização na construção e gestão de terminais fluviais e dos gargalos que envolvem o transporte hidroviário. “Precisamos avançar nessa área que poderá tornar o estado muito mais competitivo e a Federasul é parceira e apoia iniciativas para ampliar o uso desse modal. Precisamos desburocratizar para criar estruturas simples que permitam maior agilidade e competitividade para a hidrovia”, conclui.
Hidrovia RS
A HidroviasRS foi criada em maio de 2018 através de uma parceria entre a Famurs, a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), a Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS), a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) e outras empresas que utilizam o transporte por água. A entidade é uma associação civil, sem fins lucrativos.
A iniciativa surgiu a partir da necessidade de despertar interesse e mostrar à sociedade a importância dos recursos naturais existentes no Estado e que possuem grande potencial para o desenvolvimento de hidrovias. Entre os objetos das empresas associadas estão propor sugestões para assegurar a plena navegabilidade do Sistema Hidroviário Interior, elevando, desta forma, a competitividade dos produtos transportados e a sustentação dos empreendimentos que se instalarem às margens das hidrovias. Além disso, a associação busca mobilizar os setores público e privado para reunirem esforços visando estimular o desenvolvimento econômico e social das regiões lindeiras às hidrovias.



Comentários