COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 08.01.2019

CAMINHOS DA ZONA SUL

www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

Filão – A entrada de empresas internacionais no mercado brasileiro de distribuição de combustíveis está cada vez mais acentuada.  É algo novo nesse segmento, que está permitindo que as empresas menores conquistem seus espaços à sombra das gigantes (Petrobras, Ipiranga e Raízen – essa última resultante da união entre Shell e Cosan). Os menores montam rapidamente um ágil canal de comunicação com seus clientes locais. No RS um exemplo desse cenário que ocorreu recentemente foi o da holandesa Vitol, que assumiu 50% da caxiense Rodoil. Fontes do mercado especulam que a próxima “bola da vez” no Estado a despertar o interesse de investidores será o grupo Charrua. A companhia possui mais de 250 postos e está presente em 188 cidades no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A empresa opera com base de armazenamento em Esteio, Lajeado, Rio Grande e Coronel Barros.

***

Burocracia – A quantidade de papéis necessária para a abertura e funcionamento das empresas e que atrapalha a vida dos empreendedores, está diminuindo graças a iniciativas que unem o poder público e organizações como o SEBRAE. Um decreto criando o Conselho Estadual de Desburocratização e Empreendedorismo já está valendo e tem como objetivo institucionalizar um espaço permanente de controle da burocracia do Estado, uma ação que faz parte de um projeto piloto no País. Esse projeto é continuidade de um movimento iniciado em 2014 com uma parceria entre o SEBRAE RS e a Junta Comercial, Industrial e Serviços do RS para adesão à Rede Nacional para a Simplificação do Registro da Legalização de Empresas e Negócios – Rede Simples. O projeto busca institucionalizar, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, um espaço de controle social da burocracia estatal, que fortaleça o empreendedorismo e funcione como uma ferramenta permanente para a simplificação administrativa e aperfeiçoamento da governança pública.

***

Obra – O Sinduscon de Pelotas e Região projeta a retomada do crescimento econômico do país para este ano e, por consequência, o avanço do setor local. “- Mesmo com um cenário político e econômico de incertezas, os números executados em 2018 surpreenderam positivamente e tudo indica que continuarão em ascensão”, disse o presidente do Sinduscon/Pelotas, Fabrício Iribarrem, ao relacionar a melhoria em termos de vendas e os avanços na lei ‘do destrato’, que na última semana do ano de 2018 foi sancionada pela Presidência da República. Iribarrem ainda destacou que o setor local espera novas contratações dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida para atender as faixas um e dois, o que, em sua opinião, deverá sustentar a retomada da economia. Com respeito às perspectivas para 2019, o presidente enumerou três pontos que devem alimentar um quadro mais conservador na economia nacional. São eles: a situação fiscal da União e dos Estados, que continua crítica; as decisões de investimento ainda condicionadas à agenda de reformas e a confiança empresarial que mostra recuperação, mas ainda se encontra em patamar baixo. Por outro lado, na visão de Iribarrem, há pontos que sustentam uma perspectiva mais otimista para este ano:  renda e crédito devem continuar se recuperando; a melhora do mercado imobiliário que deve refletir-se no emprego ao longo do ano e a perspectiva de crescimento dos investimentos das prefeituras.

***

FaxinaA Donamaid, uma startup pelotense para contratação de diaristas autônomos por hora, fechou 2018 tendo repassado mais de meio milhão aos profissionais parceiros da plataforma. Com menos dois de anos de operação, a Donamaid encerrou o ano ingressando no mercado de Porto Alegre. No início de 2018, a empresa estava presente somente em Pelotas, Santa Maria e Rio Grande, mas terminou ao fim dos doze meses atuando em 13 cidades da região sul do Brasil. Os profissionais parceiros recebem, em média, R$ 2,5 mil por mês. A maior parte dos clientes não contratava diaristas antes e só foram atraídos por conta da comodidade que a nova tecnologia oferece.

***

Sobre a DonamaidÉ uma startup que está presente nos três estados do sul – Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Com sede na Incubadora de Base Tecnológica da Universidade Federal de Pelotas, a empresa tem 30% de sua receita concentrada na cidade que sua sede está localizada. A plataforma disponibiliza serviços de faxina para ambientes de vários tamanhos, sendo que os itens de limpeza, alimentação e o transporte do profissional estão inclusos no valor. Acelerada pela WOW Aceleradora, a empresa está entre as 15 startup’s Gaúchas para ficar de olho em 2019 do SEBRAE/RS. Outras informações em www.donamaid.com.br .

***

Até a próxima!




Comentários