GOVERNO TRANSFERE R$ 56 MILHÕES DE PONTE SEM PROJETO DE PORTO XAVIER PARA DUPLICAÇÃO DA BR-116

Recurso reforçará caixa da duplicação, que foi reajustada recentemente Anderson Fetter / Agencia RBS

Recurso tinha sido liberado por emenda impositiva da bancada gaúcha no Congresso

Havia risco de o dinheiro ser perdido, pois a nova ponte da Fronteira Oeste ainda não tem projeto. A travessia tem somente um anteprojeto, que foi desenvolvido pela prefeitura de Porto Xavier. Para a verba poder ser usada, o Dnit precisa agora lançar a licitação para escolher a empresa que irá realizar os estudos. Como não havia mais tempo hábil para concluir a concorrência, a autarquia no Rio Grande do Sul pediu para o recurso ser transferido para a duplicação da BR-116.

O valor atualizado da obra chega a R$ 1,41 bilhão. Desse total, já foram pagos R$ 835 milhões.

Desde que a duplicação começou, em 2012, ela já está R$ 551,91 milhões mais cara. Ano passado, a obra recebeu R$ 48 milhões, mas sofreu reajuste de R$ 61 milhões.

Até agora, 61% dos serviços foram executados. A duplicação dos 211,22 quilômetros entre Guaíba e Pelotas deveria durar dois anos. Porém, hoje não é possível prever a conclusão dos trabalhos antes do fim de 2020.




Comentários