CÂMARA DE COMÉRCIO DE RIO GRANDE COMPLETA 174 ANOS E PRESTA HOMENAGENS NESTA SEXTA-FEIRA

A Câmara de Comércio da Cidade do Rio Grande completa 174 anos de fundação no ano de 2018. Nesta sexta-feira, dia 28 de setembro, realizará um jantar comemorativo no Salão Nobre da entidade homenageará Lair Hanzen com o Troféu Câmara de Comércio. Nascido em Itapiranga (SC), em 5 de agosto de 1967, Lair Vianei Hanzen é casado, possui dois filhos e atualmente reside em Porto Alegre (RS). Hanzen assumiu como Vice-Presidente da Yara Internacional e Presidente da Yara Brasil em fevereiro de 2016. Entrou para o segmento de fertilizantes ainda em 1993 na Adubos Trevo S.A e desde então assumiu diversas funções nas empresas. “A Yara é hoje um exemplo de progresso e desenvolvimento. Uma empresa que acredita em Rio Grande, pois aqui está fazendo um grandioso investimento. A Câmara de Comércio ao homenagear Lair Hanzen está agradecendo por tudo que a empresa faz por nossa cidade”, afirma o presidente da Câmara de Comércio Antônio Carlos Bacchieri Duarte.

GUSTAVO MANHAGO

Na mesma solenidade será homenageado o jornalista Gustavo Manhago com o título de Riograndino Ilustre.  Luis Gustavo Manhago nasceu em Rio Grande no dia 16 de junho de 1975. É formado em Letras pela Universidade Federal de Rio Grande e em Jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social da PUCRS. Aos 12 anos, fez, no Hipódromo do Cristal, em Porto Alegre, a primeira apresentação oficial, na Rádio Gazeta, em 7 de setembro de 1987. Em 1989 passou a atuar de forma definitiva na Rádio Minuano. Além disso, trabalhou também nas rádios Cassino e Nativa, e publicava uma página de esportes do Jornal Agora.

No final de 1994 veio a grande oportunidade: um teste para repórter na RBSTV. Já passou por cidades como Rio Grande, Bagé, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul e Porto Alegre. Atuou como repórter, coordenador de telejornalismo no interior e chefe de esportes da RBS TV na capital. Em 2016, estreou na Rádio Gaúcha, onde atua até hoje na narração de jogos e participação de programas esportivos.

“O Manhago é um dos grandes nomes do jornalismo gaúcho e é uma satisfação trazê-lo a Rio Grande para ser reconhecido e entregar a ele esse gesto de carinho da Câmara de Comércio”, afirma o presidente da entidade, Antônio Carlos Bacchieri Duarte.

OUTRO RIOGRANDINO ILUSTRE

O economista Vinicius Sucena també será homenageado com o título de Riograndino ilustre. Ele nasceu em 1966, estudou no Juvenal Miller, e depois ingressou FURG, onde se formou em Economia. Aos 19 anos, tornou-se Técnico do Tesouro Nacional. Depois de se formar, foi aprovado em um concurso na FURG, onde tornou-se professor de economia. Em 2004 foi convidado para trabalhar no Ministério da Fazenda em Brasília. Um mês depois, recebeu o convite da Presidência da República ao cargo de Assessor da Casa Civil, onde trabalha até a presente data. “Poder homenagear os riograndinos que estão fazendo história em diversas partes do Brasil e do Mundo é de uma imensa alegria para a Câmara de Comércio. Isso só prova que Rio Grande é celeiro de talentos em diversas áreas”, afirma o presidente da entidade, Antônio Carlos Bacchieri Duarte.

HOMENAGEM A SIMONE ROMANELLI

A rio-grandina receberá a homenagem no jantar que irá comemorar os 174 anos de fundação da Câmara de Comércio da Cidade do Rio Grande

A Câmara de Comércio da Cidade do Rio Grande completa 174 anos de fundação no ano de 2018. No dia 28 de setembro, realizará um jantar comemorativo no Salão Nobre e estará homenageando algumas personalidades. Nesta terça-feira, 28 de agosto, a Câmara de Comércio apresenta Simone Romanelli que receberá o Troféu Câmara de Comércio. Simone Romanelli é filha do advogado Antônio Carlos Romanelli e da artista plástica Valdira Romanelli. Simone é natural de Rio Grande e formou-se em jornalismo na Universidade Autónoma da Catalunha, em Barcelona, e em Paisagismo na Escola Paulista de Paisagismo. Após passagem pelo Rio de Janeiro, Simone foi residir em Barcelona no ano de 2000. Sua forma de ver o mundo mudou radicalmente ao prestar serviços à ONG Repórteres sem Fronteiras. Ao retornar ao Brasil e às suas raízes encontrou o Asylo de Pobre em estado de completo sucateamento. Ela sentiu que ali era o momento de dar a sua contribuição à entidade e à sua cidade. Seguindo os princípios básicos de transparência, trabalho, gestão e credibilidade, deu início ao trabalho em março de 2016. O trabalho na “Morada das Flores”, nome que o Asylo recebeu nesta nova etapa, já rendeu inúmeros prêmios.

 As confirmações de presença para o jantar festivo deverão ser feitas até o dia 14 de setembro, pelo telefone (53) 3231-2399, e os lugares são limitados. O valor do ingresso é de R$ 100 para sócios e R$ 150 para não sócios.




Comentários