PROGRAMA LÍDER FOI HOMENAGEADO NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Representantes do Programa Líder foram homenageados pela Assembleia Legislativa devido ao trabalho realizado para o desenvolvimento das regiões Sul, Fronteira Oeste e Campanha. Integrante da comitiva, o reitor da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), José Carlos Pereira Bachettini Júnior, foi convidado para participar da cerimônia devido a parceria entre Universidade e Sebrae em prol do protagonismo das três regiões.

Proposta pelo deputado estadual Fábio Branco (MDB), o Grande Expediente ocorreu na última terça-feira, dia 3 de julho. Durante o evento, o parlamentar destacou a metodologia utilizada pelo programa desenvolvido pelo Sebrae, voltada para mobilizar e engajaras principais lideranças das três regiões. Branco disse ainda que o Líder é uma oportunidade para fazer as regiões mais prósperas, ajudando o Estado a sair da difícil situação financeira.

O coordenador do Escritório de Desenvolvimento Regional (EDR) da UCPel, Fábio Castro Neves, também participou do evento. De acordo com o gestor, a UCPel é grande parceira no desenvolvimento do Líder, especialmente devido a associação com a Universidade de Milão, da Itália, reconhecida mundialmente por disseminar conhecimentos para o desenvolvimento territorial através do associativismo.

Além da parceria com a Instituição italiana, a UCPel é sede do Observatório Regional, instrumento fundamental para o desenvolvimento do Líder. “Através do Portal da Zona Sul dados atualizados e interpretados sobre os 43 municípios que integram o programa serão disponibilizados”, informou.

Antes do grande experiente, os integrantes da comitiva foram recepcionados do gabinete da presidência da Assembleia Legislativa pelo deputado Marlon Santos. O vice-governador do estado, José Paulo Cairoli, acompanhou as atividades.

Conheça o Líder

O Programa LIDER foi implementado pelo SEBRAE com o objetivo de estimular o desenvolvimento das regiões Campanha, Fronteira Oeste e Sul – cuja economia representa 10,6% do PIB do Estado, 16% da população e 8,6% dos municípios – através de suas lideranças. A iniciativa teve início em abril de 2015 e, em cada uma das regiões, grupos compostos por representantes dos setores público e privado e terceiro setor foram estimulados a elencar as prioridades locais para juntos construírem um plano de desenvolvimento regional.

Após as atividades desenvolvidas entre 2015-2017, o Programa LIDER entra em uma fase de execução, traçando e realizando planos de ação e de desenvolvimento a partir dos eixos estratégicos e das cadeias produtivas identificadas por cada uma das regiões: Vinho, Carne, Leite e Turismo.

Comentários