PREFEITOS DO SUL DO ESTADO TRATAM COM O GOVERNO DOS EFEITOS DA ESTIAGEM E GRANIZO

    Chefe da Casa Civil, Cleber Benvegnú, repassou ações do governo para enfrentar efeitos da estiagem – Foto: Nabor Goulart/Casa Civil

    O governo do Estado recebeu, ontem, sexta-feira (18), prefeitos da Associaçăo dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) para ouvir demandas da região, especialmente em decorrência dos efeitos climáticos. Dos 23 municípios membros da entidade, 21 estão com decreto de emergência homologados em função da estiagem. Já Canguçu, São Lourenço do Sul e Chuvisca, também na região, sofreram recentemente os efeitos do granizo. Os gestores também apresentaram ao chefe da Casa Civil, Cleber Benvegnú, solicitação de repasse de R$ 4 milhões para a saúde dos municípios.

    Acompanhado do chefe da Casa Militar, coronel Alexandre Martins de Lima, do subchefe da Defesa Civil, coronel Jarbas Avila, e do diretor do departamento de Cooperativismo da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), além do deputado Fábio Branco, Benvegnú repassou aos prefeitos informações de ações do Estado para enfrentar os efeitos da estiagem e atender à população, além de comprometer-se a avaliar com demais áreas do governo a questão dos repasses.

    Segundo a Defesa Civil, foram entregues 8.693 cestas básicas destinadas pelo governo federal às famílias que enfrentam dificuldades por causa da estiagem. Com recursos estaduais, também foram repassados 773 kits de ajuda humanitária e telhas. Além disso, a Defesa Civil está avaliando com os municípios a possibilidade de aquisição de caixas d’água. Todos os municípios da região estão sendo atendidos com as cestas solicitadas. Outro apoio do governo tem sido com empréstimo de maquinários para abertura de poços, açudes e limpeza de rios e mananciais de água.

    Presenças

    Estiveram presentes os prefeitos Rudinei Harter (de São Lourenço do Sul e presidente da Azonasul), Luis Felipe da Silva (Arroio Grande), Marcus Vinicius Pegoraro (Canguçu), Mauro Santos Nolasco (Capão do Leão), Douglas R. da Silveira (Cerrito), Ruben Dari Wilhelnsen (Herval), Fávio Marcel Telis Gonzalez (Jaguarão), Diocélio (Morro Redondo), Luiz Alberto Perdomo (Pedras Altas), Vitor Ivan Rodrigues (Piratini), além do vice-prefeito João Carlo (Pedro Osório).




    Comentários