FIM DA GREVE DOS CAMINHONEIROS

    Temer sanciona lei da reoneração e edita MPs que reduzem R$ 0,46 no preço do litro do diesel

    Sanção foi publicada em edição extra do ‘Diário Oficial da União’. Governo informou que diesel deverá estar R$ 0,46 mais barato a partir do dia 1º

    RIO GRANDE DO SUL

    Ação policial garante segurança a desmobilização dos caminhoneiros no RS

    Comboios saíram em rodovias diferentes do Estado para apoiar os manifestantes que tiveram suas reivindicações atendidas

    Ação policial garante segurança a desmobilização dos caminhoneiros no RS | Foto: Guilherme Testa

    Ação policial garante segurança a desmobilização dos caminhoneiros no RS | Foto: Guilherme Testa

    Em uma ação forte para tirar os caminhoneiros das margens de rodovias e postos de combustíveis do Rio Grande do Sul, o Comando Militar do Sul, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Brigada Militar (BM) se uniram. No início da tarde desta quarta-feira os três comboios saíram em direções diferentes do Estado. Um seguiu para a região Sul, pela BR 116, até Jaguarão; pela BR 386 tendo destino Passo Fundo; e um na BR 290, em direção à Uruguaiana.

    A finalidade era a mesma. Segundo o chefe do Centro de Coordenação de Operações do Comando Militardo Sul (CMS), general Carlos José Assumpção Penteado, a palavra de ordem é colocar os caminhões nas estradas. É isso que queremos”, afirmou antes do início das operações. A iniciativa, que reuniu esforços, complementou a ação “corredor seguro” iniciado na terça-feira, quando houve aumento de efetivo nas rodovias.

    O comboio buscou, segundo o chefe do Centro de Coordenação de Operações, dar segurança aos caminhoneiros que queriam seguir viagem e que tiveram suas reivindicações atendidas pelo governo. “Queremos separar os que já tiveram o atendimento dos seus pedidos pelo governo daqueles outros que estão se aproveitando da situação que estamos enfrentando agora”, disse.

    Nesta mesma linha, o superientende da PRF, João Francisco de Oliveira, ressaltou que a primeira ação foi para que não houvesse rodovias bloqueadas, e que agora é manter o fluxo seguro. “O Estado tem urgência que todos caminhões circulem “, afirmou.

    Apenas do Exército foram destacados 150 homens e cerca de 20 viaturas para a ação. Uma das maiores preocupações era garantir assim o abastecimento das cidades do interior, fazendo com que os caminhões cheguem a essas cidades.  Com os comboios também ocorre melhor uso dos recursos das três instituições, que até o momento faziam escoltas de apenas alguns itens, como combustível e medicamentos. “Não temos prioridades. Todos os que quiserem podem ingressar no comboio”, declarou.

    Na prática, ao longo de um dos trajetos, a BR 116, integrantes da PRF e Exército paravam nos pontos de manifestação e conversavam com manifestantes. A ideia era que os atos poderiam ser mantidos desde que ninguém fosse coagido a parar, como vinha ocorrendo. Na entrada de Tapes, onde foram colocadas várias faixas de apoio ao protesto e uma carreta no canteiro central, a concentração de manifestantes era pequena. Com cerca de 40 pessoas. O pedido da PRF foi da retirada de faixas e da carreta, por segurança.

    Um dos pontos mais críticos era em Camaquã, onde num posto de combustível estavam dezenas de caminhões parados Logo após a chegada do efetivo, eles começaram a sair tanto em direção à Capital como a Pelotas. Alguns caminhoneiros decidiam por permanecer e até xingavam aqueles que abandonavam o movimento. Houve ainda caminhão com vidros quebrados e protegidos por sacola plástica.

    Liberação 

    Antes de o comboio passar uma ação da PRF foi realizada em um posto de combustíveis em Guaíba. Localizado às margens da BR 116, o pátio do estabelecimento tinha a presença de caminhões, especialmente de tora de madeira, da empresa que fica ao lado. Isso porque quando tentavam sair, acabavam sendo parados por manifestantes.

    Com receios muitos optaram por ficar. Com a chegada dos agentes, rapidamente eles foram deixando o local e o pátio ficou vazio, apenas com carros que estavam numa fila para abastecer. Alguns manifestantes criticaram a postura policial de esvaziar o protesto. Tratores que estavam na beira da rodovia também tiveram que deixar o local.

    NORMALIDADE

    O governo do Rio Grande do Sul estima que o transporte e o abastecimento retomem a normalidade a partir desta quinta-feira, devido à desmobilização dos caminhoneiros e a chegada de alimentos e combustíveis em diversas cidades gaúchas. Nesta quinta-feira, há apenas cinco pontos de rodovias estaduais com manifestações.

    PELOTAS

    A crise gerada pelo desabastecimento não vai interferir nos serviços essenciais prestados pelo Município à população no feriado prolongado. Nesta quinta-feira (31) e na sexta (1º/6), respectivamente dia consagrado a Corpus Christi e ponto facultativo decretado pela Prefeitura (Decreto nº 6.086/2018), os pelotenses poderão contar com atendimento básico de todos os setores indispensáveis. O funcionamento de alguns serviços essenciais será em horários diferenciados. No entanto, não privarão a comunidade do atendimento. Abaixo, as especificações para que os interessados possam conferir.

    Unidade de Pronto Atendimento (UPA) continua aberta 24 horas, todos os dias – Foto: Ascom/arquivo

    Saúde

     Pronto Socorro Municipal – aberto 24 horas todos os dias, à rua Barão de Santa Tecla, 834

     Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Areal – aberta 24 horas todos os dias, à avenida Ferreira Viana, 2.231

    – Unidade Básica de Atendimento Imediato (Ubai) Navegantes – no feriado de Corpus Christi e no ponto facultativo de sexta-feira, atenderá das 8 às 20h, na rua Darci Vargas, 212, Navegantes

    – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) – atendimento 24 horas. Chamados pelo telefone 192

    – Hemocentro – não abrirá na quinta e na sexta-feira. Terá atendimento no sábado (2 de junho), das 8 às 13h

    Sanep

    – Lixo – a coleta no feriado de quinta-feira (31) será realizada normalmente. Não haverá coleta nas regiões conteineirizadas, porém uma equipe da Urban irá fiscalizar pontos considerados emergenciais. Na sexta (1º), a coleta ocorre normalmente.

    – Água, eletromecânica e drenagem – plantão de quinta-feira (31) até a segunda-feira (4 de junho) das 7 às 19h

    Transporte

    – Ônibus urbanos – no feriado de Corpus Christi, os ônibus circularão nos horários de domingo; na sexta-feira e no sábado, horários de sábado; domingo, horários de domingo. Estas alterações serão praticadas em razão da deficiência do abastecimento da frota

    – Ônibus intermunicipais – a Empresa do terminal Rodoviário (Eterpel) adotará tabela de horários de domingo, no feriado de Corpus Christi. Na sexta-feira, horários normais

    Energia Elétrica

    – CEEE – a Companhia manterá plantão ininterrupto para atendimento de casos de falta de luz ou de presença de fogo na rede. Contatos pelo telefone 0800-721-2333

    Assistência Social

    – Abrigos e casas de passagem – serviços de proteção social serão mantidos em funcionamento durante 24 horas. Contatos pelo telefone 3921-6079

    Segurança

    – Defesa Civil – estará disponível para atendimento 24 horas. Contatos pelo telefone 153

    – Guarda Municipal – prestará serviços ininterruptos. Contatos 153

    – Agentes de Trânsito – atendimento durante 24 horas. Contatos pela Central 3227-5402

    Agentes de Trânsito podem ser acionados pelo telefone 3227-5402 – Foto: Ascom/arquivo

    Mercado Central

    – Bancas – expediente facultativo no feriado de Corpus Christi, das 9 às 19h, a critério dos proprietários. Na sexta-feira (1º de junho), o funcionamento será normal.

    Baronesa

    – Parque – aberto ao público no horário habitual

    – Museu – aberto na quinta e na sexta-feira, das 12h às 17h30min

    Bancos, lotéricas e terminais

    – Bancos – não abrem no feriado e funcionam normalmente na sexta-feira

    – Lotéricas – não funcionam na quinta-feira

    – Terminais eletrônicos – funcionam de acordo com a determinação de cada agência

    Fenadoce

     – Feira Nacional do Doce (Fenadoce) – no feriado de quinta-feira, aberta das 10 às 23h. Na sexta-feira, das 14 às 23h, no Centro de Eventos, à avenida Presidente João Goulart com BR-116

    Corpus Christi

    – Celebração – na quinta-feira, feriado religioso católico alusivo a Corpus Christi, a celebração será às 15h, na Catedral Metropolitana de São Francisco de Paula. Neste dia, das 7 às 13h, realiza-se a adoração ao Santíssimo, no Santuário da Adoração, à rua Sete de Setembro, 145, Centro

    Desenvolvimento Rural

    – Administrações distritais – administradores manterão seus contatos disponíveis para ocorrências.




    Comentários