Dragagem no canal de acesso ao Porto do Rio Grande será finalizada nesta semana

A dragagem no canal de acesso ao Porto do Rio Grande, iniciada no dia 12 de dezembro de 2013, deve ser finalizada nesta semana. O contrato de dragagem entre a Superintendência do Porto do Rio Grande (SUPRG) e a empresa Jan de Nul compreende o volume de 1,6 milhão de m³. O investimento é de R$ 22 milhões.

Segundo o Superintendente do Porto, Dirceu Lopes, o objetivo da dragagem é o de garantir as condições de navegabilidade, mantendo a profundidade do canal de acesso ao porto. “Este ano, com as chuvas intensas, houve um acúmulo maior de sedimentos e, consequentemente, ocorreu o assoreamento do canal. Realizamos esta dragagem emergencial no canal de acesso ao Porto do Rio Grande para dar tranquilidade à navegação e manter o nosso compromisso com a infraestrutura do complexo portuário”, afirmou.

A draga Kaishuu realiza o serviço de dragagem na área do cais norte do Porto Novo até a entrada dos Molhes da Barra. A draga possui um tubo de sucção de cada lado que retira o sedimento do fundo da água. A cada viagem é dragado um volume de 17.000m³. De acordo com o Superintendente de Operações da Jan De Nul, Bram Dewil, o serviço será finalizado antes do previsto porque a equipe da draga trabalha 24h por dia. No total, já foram realizadas mais de 150 viagens, com uma equipe de 30 funcionários de diversas nacionalidades.

Conforme autorização prévia do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o descarte dos sedimentos é realizado em uma área a 15 km da saída dos Molhes da Barra. Além disso, uma equipe da Divisão de Meio Ambiente, Saúde e Segurança (DMASS) realiza semanalmente uma amostragem do material que está sendo dragado, de acordo com o programa estabelecido e aprovado pelo Ibama, e outra equipe técnica da SUPRG acompanha a dragagem em período integral.

Com a dragagem, a profundidade na área do Porto Novo fica em 10,5m e no trecho do canal de acesso ao porto fica estabelecida em 14,5m. Após a finalização da dragagem, será realizada uma batimetria para verificar a profundidade do canal. 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da SUPRG
 ________________________________________________________  
Curta o Blog no Facebook 

Siga o Blog no Twitter
Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.