PONTE DOIS DO GUAÍBA: VAI PARAR DE NOVO

    Obras da segunda ponte sobre o Rio Guaíba voltarão a ser paralisadas novamente. Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

    A história se repete e a falta de planejamento de um governo incompetente se evidenciam a cada semestre. As obras da nova ponte sobre o rio Guaíba devem parar novamente. Desta vez, não será por falta de dinheiro, motivo que já adiou o término da obra algumas vezes. O problema maior envolve a demora na transferência de mil famílias que precisam ser reassentadas em Porto Alegre para que a obra seja concluída. É um indicativo total de falta de planejamento, pois nem a inúmeras outras paralisações serviu para que esse problema fosse resolvido.

    Três áreas para a construção das novas moradias estão sendo discutidas pelos governos federal, estadual e municipal. Dessas, apenas uma está em estágio mais avançado, dentro do processo burocrático de repasse ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Quando a posse for transferida em definitivo, faltará ainda realizar a urbanização dos terrenos e, depois, a construção das casas.

    Hoje, o dinheiro disponível indica que os trabalhos na nova ponte serão mantidos até o mes de abril de 2019. No melhor cenário, a construção da nova ponte ficará parada entre maio e outubro do próximo ano. Porém, se os processos de reassentamento não receberem prioridade, a construção da nova ponte do Guaíba poderá ficar parada até o fim de 2020.

    Para resolver em tempo hábil (a construção da nova ponte), somente com uma sinergia entre todos órgãos envolvidos, o que até o momento não aconteceu – avalia o superintendente regional do Dnit no Rio Grande do Sul, engenheiro Hiratan Pinheiro da Silva.

    As obras começaram em outubro de 2014 e deveriam ter sido concluídas em setembro de 2017. Já foram investidos R$ 412 milhões. Até agora, 56% das obras foram realizadas.

    Em novembro do ano passado, o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, veio a Porto Alegre e prometeu R$ 240 milhões para a construção da nova ponte do Guaíba. Para concluir a obra, faltarão ainda outros R$ 120 milhões.




    Comentários